Redes Sociais

Coronavírus

13 milhões de doses de vacina da farmacêutica Moderna são confirmadas para o Brasil

Marcos Rocha

Publicado

em

Instituto Nacional do Câncer | Unsplash

Em reunião com o Ministério da Saúde brasileiro nesta sexta-feira (5), a farmacêutica Moderna confirmou que poderá ofertar ao país 13 milhões de doses de vacina contra covid-19 em 2021. No encontro, também foi discutido o cronograma de entrega dos imunizantes.

A promessa da companhia é garantir 1 milhão de doses até julho, e iguais quantias nos meses de agosto e setembro. Entre outubro e dezembro seriam disponibilizados os 10 milhões de doses restantes.

Em comunicado do Ministério após o encontro, o secretário-geral da pasta, Élcio Franco, declarou que a posição apresentada pela empresa “deu segurança” para avançar na negociação e na assinatura do contrato.

Segundo Franco, as tratativas entrarão agora em sua fase final. A minuta do contrato deverá ser elaborada para que o termo possa ser assinado pelas duas partes, concretizando a aquisição.

O secretário-geral lembrou que para a aplicação da vacina e o pagamento pelas doses é preciso que o imunizante obtenha autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]