Redes Sociais

Política

VÍDEO: Sem Bolsonaro, Wilson Witzel é vaiado na Sapucaí

Público reagiu com vaias e gestos negativos contra o governador do Rio de Janeiro.

Redação

Publicado

em

Fernando Frazão | Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi hostilizado na noite deste domingo (23), no Sambódromo da Marquês de Sapuc.

Um grupo de pessoas protestou contra a presença de Witzel no local.

Na ocasião, o presidente da escola de samba Mangueira, Elias Riche, saudou a presença do governador:

Gostaria de agradecer ao governador do Rio, Wilson Witzel, pelo apoio que ele deu a todas escolas de samba. Muito obrigado!”.

Neste momento, as vaias tomaram conta do Sambódromo, podendo ser ouvidas no vídeo do G1, que fazia a cobertura do evento.

Witzel estava acompanhado da esposa, Helena Witzel, e de assessores e secretários.

No momento que as vaias ganharam força, o governador se retirou da pista principal, retornando minutos após o ocorrido.

O que diz a equipe de Witzel

De acordo com o secretário de governo, Cleiton Rodrigues, as vaias foram puxadas pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSOL).

Incitaram as pessoas contra o governador. Avisei a ele para não dar atenção”.

O governador também comentou e atribuiu as vaias a Freixo.

O Freixo incitou o ódio, quando se deve ter espaço livre para crítica construtiva”, afirmou.

Assista ao vídeo!

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites