Redes Sociais

Política

Ministro do STJ rejeita liminar para soltar Jorge Picciani e Paulo Melo

Davy Albuquerque

Publicado

em

Ministro do STJ rejeita liminar para soltar Jorge Picciani e Paulo Melo 20

O presidente da Alerj, Jorge Picciani, e seu antecessor no cargo, deputado Paulo Melo, ambos do PMDB, tiveram pedido liminar de liberdade rejeitado nesta sexta-feira (28) pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer.

O magistrado considerou que não há urgência para a soltura dos dois parlamentares, que estão presos preventivamente. Jorge Picciani e Paulo Melo foram presos na Operação Cadeia Velha, desdobramento da Lava Jato, que investigou esquema de corrupção envolvendo integrantes da Alerj e do governo fluminense.

Com a decisão do ministro, agora os pedidos em habeas corpus devem ser enviados para manifestação do Ministério Público Federal (MPF), para posteriormente irem a julgamento pela Quinta Turma do STJ, possivelmente em dezembro.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites