Redes Sociais

Política

Mais uma vez, Ciro Gomes ataca Fernando Holiday e vereador diz que o processará

“É um negro traidor da negritude”, disse Ciro sobre Holiday.

Redação

Publicado

em

Evaristo Sá | AFP

Condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, em primeira instância, a pagar 38 mil reais de indenização por danos morais para o vereador Fernando Holiday, Ciro voltou a atacar o líder do MBL.

No dia 16 de junho de 2018, Ciro disse que Holiday era um “capitãozinho-do-mato” durante uma sabatina na Rádio Jovem Pan.

Meses após o ocorrido, Ciro repete o erro: em entrevista à BandNews, Ciro foi questionado senão considerava racista a utilização da expressão para designar o vereador.

“Claro que não. Esse garoto em São Paulo é negro e assumiu o mandato falando em negritude. E de cara propôs acabar com as cotas raciais e com o Dia da Consciência Negra”, disse.

“É um negro traidor da negritude. E quem era o negro traidor da negritude na história brasileira? Esse é o problema, eu sei ler, fiz o primário bem feito. O escravo submetido à humilhação do patrão que aderia a essa humilhação e se prestava ao serviço de matar escravos, açoitar escravos”, finalizou.

No Twitter, o vereador de São Paulo assegurou que processará o cearense mais uma vez.

“Outro processo virá!”, escreveu.

Veja o trecho:

Com informações, Francine Galbier

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites
2r1cl5phksggddln