Redes Sociais

Política

Gilmar Mendes manda soltar Milton Lyra, operador do MDB no Senado

Avatar

Publicado

em

Imagem: Marcelo Camargo – Agência Brasil.

Milton de Oliveira Lyra Filho estava preso preventivamente desde o dia 12 de abril. Segundo a Polícia Federal, Lyra teria sido apontado como lobista do MDB em um esquema de fraude bilionária com recursos de fundos de pensão Postalis, Correios, e Serpros.

Na última terça-feira (8) Lyra entrou com habeas corpus na Suprema Corte, e tem como relator do caso o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

“Defiro o pedido liminar para substituir os efeitos da ordem de prisão preventiva decretada pelo Juízo da 7ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro em desfavor de Milton de Oliveira Lyra Filho”, registrou o ministro Gilmar Mendes.

A ordem de Gilmar Mendes — conhecido por soltar envolvidos em corrupção — foi a de soltar Milton de Oliveira Lyra Filho. O argumento do ministro foi que prisões preventivas estão muito longas. 

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — www.andersonsandes.net

Publicidade
1 Comentário

1 Comentário

  1. Avatar

    combatente37

    27.08.2018 at 10:18

    Gilmar Mendes está com seus dias contados dentro do STF – vai aproveitar e tentar soltar todo mundo para que todo mundo posso lutar para soltá-lo quando o mesmo for preso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites