FHC: “Brasil corre o risco de eleger um Hitler”

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:
Imagem: Reprodução

Em entrevista a Datena, na Rádio Bandeirantes, FHC faz alerta sobre o momento político – e revela que o PSDB deverá indicar Geraldo Alckmin para concorrer à presidência e que João Doria tem chances de disputar o governo de São Paulo.

“O País corre o sério risco de eleger um Hitler, Trump ou Macron nas eleições de outubro”.  Em outro momento FHC disse: “Tem que ser alguém que toque as pessoas com as  pessoas com as palavras, mas com algumas regras de democracia e de bem-estar, que tenha compromisso com o país”.

Para o ex-presidente, é preciso observar com atenção a mensagem de cada candidato. “O discurso tem que ter razão e não só emoção, que conduza a pessoa pelo motivo certo e não pelo errado”, explica.

O ex-presidente também comentou sobre a “perseguição” a Lula. Segundo ele, esse “fenômeno” não está acontecendo só no Brasil, mas sim no mundo todo.

“O mundo todo está sofrendo esse desgaste porque a democracia social mudou, assim como a sociedade. A demanda das pessoas aumentou, elas querem mais”, disse.

Para FHC, o discurso dos futuros candidatos não precisa ser agressivo e sim firme. “Geraldo não é ‘Maria vai com as outras’ e tem opinião. Ele tem capacidade de ser firme, já perdeu um filho e isso muda uma pessoa”, disse. 

Post anterior

Brasil poderá receber 18 mil venezuelanos nos próximos seis meses

Próximo post

Lula ameaça e diz que será candidato “aconteça o que acontecer”

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.