Redes Sociais

Política

Deputado do PSL acusado de ‘rasteira’ para ficar com candidatura de prefeito terá que se explicar à Justiça Eleitoral

Redação

Publicado

em

Divulgação

O Conexão Política tem feito a cobertura das convenções partidárias que estão sendo feitas ao redor do Brasil para escolha dos nomes que disputarão as cadeiras das prefeituras das capitais.

Na última segunda-feira (14), noticiamos que, em Campo Grande/MS, o deputado federal Loester Trutis está sendo acusado de aplicar uma verdadeira “rasteira” em seu colega de partido Vinicius Siqueira, que era cotado há vários meses para disputar o pleito na capital sul-mato-grossense.

Siqueira, que é vereador, ficou conhecido por realizar investigações contra a empresa que realiza a concessão do transporte coletivo (Consórcio Guaicurus) e também contra a concessionária de esgoto da capital (Águas Guariroba), além de diversas outras ações enquanto parlamentar.

O nome dele como pré-candidato estava confirmado para a disputa eleitoral pelo menos desde maio, inclusive chegou a ser anunciado pelo próprio deputado federal Loester Trutis.

Trutis anunciando a pré-candidatura de Siqueira | Imagem: Reprodução

No entanto, ao longo da última semana, começaram a começaram a circular boatos de que Loester Trutis estaria se movimentando para assumir a candidatura no lugar do vereador.

Durante a convenção do partido, que aconteceu no fim de semana, a Executiva fez uma reunião fechada e divulgou que Trutis havia sido escolhido como representante da sigla para a disputa eleitoral, sob a justificativa de que ele teria mais chances de ser eleito.

Após a divulgação do resultado, vários candidatos à Câmara Municipal desistiram de concorrer, por causa da troca repentina, considerada uma traição.

Trutis (ao fundo) apagou posts com Siqueira (à frente) nas redes sociais após ser acusado de aplicar ‘rasteira’ no colega de partido.

JUDICIALIZOU

Na segunda-feira (14), após sofrer o revés, Siqueira adiantou que iria recorrer à Justiça Eleitoral.

“Tomei a mesma facada, mas a minha foi no voto”, disse o vereador na ocasião, em referência ao que ocorreu com Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral de 2018.

DECISÃO

Em decisão liminar proferida na madrugada desta quarta-feira (16), a juíza Joseliza Alessandra Vanzela Turine, da 44ª Zona Eleitoral de Campo Grande/MS, determinou a notificação do deputado federal Loester Trutis, presidente da Comissão Executiva Municipal, que dirigiu a Convenção Partidária do PSL, para que apresente documentos e os votos proferidos por cada membro durante a sessão.

Como a votação dos titulares foi favorável a Siqueira pelo placar de 3 a 2, tudo leva a crer que uma nova reviravolta em torno do nome que disputará a prefeitura de Campo Grande pela sigla não está descartada.

OUTRO LADO

Até o fechamento desta matéria, o deputado federal Loster Trutis ainda não havia se manifestado sobre a decisão judicial.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites