Redes Sociais

Política

Bolsonaro volta a falar sobre transferência da embaixada brasileira para Jerusalém

Presidente da República se reuniu com líderes evangélicos, após celebração em Brasília dos primeiros cem dias de governo.

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta última quinta-feira, 11, no Rio de Janeiro, de m almoço durante Encontro Anual do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB).

Bolsonaro manifestou solidariedade à população do Rio de Janeiro em função da tragédia causada pelos temporais dos últimos dias.

Antes de qualquer outra mensagem, eu quero me solidarizar ao povo do Rio de Janeiro, na pessoa do senhor governador Witzel, o senhor prefeito Crivella, nessa tragédia que se abateu sobre todos nós. E que Deus conforte os familiares das vítimas”, disse.

O presidente falou sobre sua recente visita a Israel e também sobre encontro realizado ontem (10) com embaixadores de países islâmicos.

Eu falei para eles: que esse nosso relacionamento comercial seja fortalecido e, mais ainda, se transforme cada vez mais em paz, em harmonia e amor”, contou.

Além de líderes evangélicos, compareceram ao evento o presidente do STF, ministro Dias Toffoli; o presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre; o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel e o pastor Silas Malafaia.

E finalizou comentando sobre a futura transferência da embaixada brasileira para Jerusalém.

Quem decide a capital de Israel é o seu povo, o seu governo os seus parlamentares“, disse Bolsonaro.

Estudante de Letras, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho. Brasil acima de tudo!

Publicidade
3 Comentários

3 Comments

  1. Alessandro

    12.04.2019 at 17:22

    Bolsonaro ainda tem 3 anos e 9 meses de mandato para transferir essa embaixada, portanto até agora está tudo dentro da NORMALIDADE, só os oportunistas canalhas que gostam de enxergar o copo meio vazio.

  2. THIAGO COSTA CARDOSO

    12.04.2019 at 16:50

    O covarde do bonoro já arregou sobre a embaixada de israel! Covarde! Mais uma promessa que não vai cumprida!

    • Márcio

      15.04.2019 at 04:05

      Thiago, se ele tomar qualquer decisão desta agora vai levantar tanta poeira que seria utilizado pela grande mídia e por esquerdistas que inviabilizaria a votação da reforma da previdência. Assim que sair a nova previdência, vão fazer a reforma tributária junto com o pacto federativo .. Depois disso, bolsonaro poderá fazer o que quiser… Tá ok?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites