Redes Sociais

Política

A bomba está nas mãos do presidente Bolsonaro

Redação

Publicado

em

Reuters

Caberá ao presidente Jair Bolsonaro decidir se a tecnologia da Huawei ficará ou não fora do leilão do 5G no Brasil.

O Brasil, que é um dos maiores mercados da gigante chinesa de telecomunicações Huawei, pode estar pronto para fechar seus contratos de 5G com as empresas de telecomunicações europeias, Ericsson e Nokia.

A ‘decisão bomba’ deverá acontecer no ano que vem, mas o alerta dos Estados Unidos já seguem a todo vapor.

Vigilância do PCC

Nesta quarta-feira, 24, a Embaixada dos EUA em Brasília divulgou, em português, uma declaração de Mike Pompeo.

Na mensagem, o secretário de Estado americano diz que cidadãos do mundo inteiro estão acordando para o perigo do estado de vigilância do Partido Comunista chinês.

“A maré está se voltando contra a Huawei, à medida que cidadãos de todo o mundo estão acordando para o perigo do estado de vigilância do Partido Comunista Chinês”, disse Pompeo.

“Os acordos da Huawei com operadoras de telecomunicações em todo o mundo estão evaporando, porque os países estão permitindo apenas fornecedores confiáveis em suas redes 5G”, continuou ele.

E acrescentou:

“O ímpeto a favor do 5G seguro está aumentando. Quanto mais países, empresas e cidadãos perguntarem em quem devem confiar com seus dados mais sensíveis, mais óbvia a resposta se torna: não no estado de vigilância do Partido Comunista Chinês”, declarou Pompeo.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites