Redes Sociais

Mundo

Veganos têm maior probabilidade de quebrar os ossos do que os comedores de carne, diz pesquisa da Oxford

Thaís Garcia

Publicado

em

Uma pesquisa mostra que os veganos correm um risco maior de fraturas do que os comedores de carne. Os vegetarianos também têm menos sucesso. Essa foi a conclusão do artigo científico publicado segunda-feira (23) na revista médica BMC.

“Este é o primeiro estudo a dar uma olhada abrangente no risco de várias fraturas ósseas em todo o corpo e na dieta humana”, disse a autora líder do estudo nutricional, Tammy Tong, da Universidade de Oxford, à CNN.

Os pesquisadores concluíram que em comparação com os comedores de carne e após ajuste para fatores socioeconômicos, estilo de vida e índice de massa corporal (IMC), os riscos de fratura de quadril foram maiores em comedores de peixe, vegetarianos e veganos, equivalente a diferenças de taxa de 2,9, 2,9 e 14,9 mais casos para cada 1000 pessoas em um período de 10 anos, respectivamente.

Segundo o estudo, os veganos também tinham riscos maiores de fraturas totais ou de algumas fraturas específicas locais, particularmente fraturas de quadril, do que os comedores de carne.

Este é o primeiro estudo prospectivo de grupo de dieta com locais de fratura totais e múltiplos específicos em vegetarianos e veganos, e as descobertas sugerem que a saúde óssea em veganos requer mais pesquisas.

Método

Cerca de 65.000 indivíduos saudáveis ​​do Reino Unido responderam a um questionário relacionado à dieta, características sociodemográficas, estilo de vida e histórico médico entre 1993 e 2001. Os pesquisadores finalmente classificaram os entrevistados com base na dieta, a saber: comedores de carne, comedores de peixe, vegetarianos (sem carne e peixe, mas com laticínios e /ou ovos) e veganos (sem produtos de origem animal).

Um total de 3.941 fraturas foi encontrado em 2016. Em comparação com os comedores de carne, uma ingestão mais baixa de cálcio e proteína significa que os veganos têm em média 43% mais chances de ter fraturas nos quadris, pernas e vértebras. Os vegetarianos e os comedores de peixe têm maior risco de fraturas nos quadris. “Proteína e cálcio são os dois blocos de construção mais importantes dos ossos”, disse Lauri Wright, chefe do Departamento de Nutrição e Dieta da Universidade da Flórida, nos EUA.

Deve-se notar, entretanto, que a pesquisa não é totalmente representativa. Por exemplo, participaram principalmente mulheres brancas europeias. “Dada a reflexão limitada, os resultados não podem ser generalizados para outras populações. Mais pesquisas são necessárias”, disse Katherine Tucker, professora de Epidemiologia Nutricional da Universidade de Massachusetts, nos EUA.

IMC

O IMC (Índice de Massa Corporal) também pode desempenhar um papel nesta história. Veganos e vegetarianos geralmente apresentam IMC mais baixo, como foi o caso neste estudo. O IMC mais baixo também pode estar associado ao desenvolvimento de fraturas em alguns casos. “Pense em menos atenuação quando uma pessoa cai”, mostra o estudo.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites