Redes Sociais

Mundo

Suprema Corte da Venezuela proíbe Juan Guaidó de sair do país

Redação

Publicado

em

Líder da oposição e parlamentar venezuelano, Juan Guaidó (Imagem: Federico PARRA / AFP)

Nesta terça-feira (29), o Tribunal Supremo da Venezuela congelou as contas de Juan Guaidó e o proibiu de sair do país.

A corte, que é controlada pela ditadura de Nicolás Maduro, atendeu ao pedido do procurador-geral Tarek William Saab.

Em resposta ao pedido do procurador-geral, Guaidó publicou em sua conta no Twitter:

“Para aqueles que estão hoje na sede do TSJ: o regime está em sua fase final, isso é imparável e vocês não precisam sacrificar-se com o usurpador e sua gangue! Pensem em vós mesmos, na vossa carreira, no futuro dos vossos filhos e netos que também são nossos. A história vai reconhecê-los.”

Exercendo seu direito constitucional, Guaidó se declarou presidente interino da Venezuela na semana passada e convocou manifestações contrárias a Nicolás Maduro para esta quarta-feira (30).

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]

alan correa criação de sites