Redes Sociais

Mundo

Suíça: Prefeita socialista exclui sinais de trânsito com homens das ruas de Genebra

Thaís Garcia

Publicado

em

Suíça: Prefeita socialista exclui sinais de trânsito com homens das ruas de Genebra 15
Imagem: Reprodução

Em um esforço para se tornar a cidade mais politicamente correta do mundo, Genebra, na Suíça, substitui metade dos sinais de trânsito de faixas de pedestres. Quem cruzar as ruas agora vê uma mulher grávida ou uma dupla de lésbicas de mãos dadas. Existem seis variantes, também com mulheres mais velhas.

A prefeita socialista disse que deseja aumentar a “visibilidade das mulheres” nos espaços públicos.

“A onipresença dos homens reforça a noção de que algumas pessoas, especialmente mulheres, mas também minorias, são menos abertas ao público”, diz a prefeita socialista Sandrine Salerno.

Salerno acredita que, no futuro, os transexuais também devem ser mencionados.

A substituição dos sinais de trânsito custou pelo menos 50.000 euros. As placas antigas não foram destruídas, mas ficarão armazenadas.

Por enquanto, os caracteres nas placas permanecerão pretos.

A prefeita feminista também tem planos para dar mais nomes femininos às ruas da cidade.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

alan correa criação de sites