Redes Sociais

Suécia

Igreja da Suécia anuncia Greta Thunberg como ‘Sucessora’ de Jesus Cristo

Thaís Garcia

Publicado

em

Igreja da Suécia anuncia Greta Thunberg como 'Sucessora' de Jesus Cristo 20
Imagem: Greta: Senso Incomum-Gustavo Finger-Agência Pier/ Igreja e sino: S:t Pauli kyrka - Malmö

Uma igreja em Limhamn, que faz parte da Igreja da Suécia (Svenska kyrkan) – que rotineiramente promove a adolescente alarmista das mudanças climáticas, Greta Thunberg – anunciou a jovem como a “sucessora” de Jesus Cristo, em dezembro de 2018.

“Anúncio! Jesus de Nazaré nomeou agora um de seus sucessores, Greta Thunberg ”, twittou a Igreja de Limhamn, em 1 de dezembro de 2018.

A conta da igreja retweetou as pessoas que apoiavam o anúncio e louvavam seu tweet, sobre Greta Thunberg ser a “sucessora” de Jesus Cristo.

O anúncio ressurgiu online em 29 de setembro, provavelmente devido ao apoio mais recente da Igreja da Suécia ao ativismo ecoterrorista histérico de Greta, patrocinado pelo globalista George Soros.

Repercussão
Nas redes sociais, a repercussão foi grande, e muitos cristãos denunciaram a heresia e defenderam o verdadeiro evangelho de Cristo: que Ele não tem sucessor. Jesus Cristo, é o único Filho de Deus, enviado como o único Salvador e Redentor. Ele é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim.

Após alguns dias, a conta foi abandonada, deixando apenas uma publicação em defesa da mensagem e um pedido de desculpas por qualquer dano causado.

“Caro Twitter, se machucamos alguém, pedimos desculpas. Nosso senso tem sido falar sobre Jesus Cristo à nossa maneira. Agora deixamos a arena. Obrigado por seu compromisso, alegria e debate. Deus te abençoe! Jonas Persson, pastor da ala”, anunciou o tweet da igreja sueca, publicado em 6 de dezembro de 2018.

Malmö
Na semana passada, a Igreja da Suécia de Malmö anunciou que seus sinos seriam tocados, em conjunto ao “Ataque Global ao Clima”, do qual a marionete de Soros foi usada como garota-propaganda na assembleia da ONU, em Nova York.

“Em conjunto com a Greve Global pelo Clima, os sinos das igrejas tocam e nos reunimos para orar pelo futuro da Terra. Oramos para que acreditemos que o homem é responsável por nutrir e administrar a Criação, para que as crianças tenham a oportunidade de um futuro. Oramos para que saibamos que as mudanças climáticas afetam os mais vulneráveis – pobres, crianças e mulheres. Oramos para que acreditemos na capacidade do homem de mudar e mudar. Quando a Amazônia queima, nos reunimos para lutar pela Mãe Terra juntos. Bem-vindo!”, anunciou a igreja de Malmö.

Igreja da Suécia anuncia Greta Thunberg como 'Sucessora' de Jesus Cristo 21

Igreja da Suécia, em Malmö.

Igreja da Suécia
Atualmente, a Igreja da Suécia, ou ‘Svenska kyrkan’, é uma igreja nacional luterana. Segundo a Encyclopedia Brittanica, a igreja deixou de ser apoiada pelo Estado, em janeiro de 2000. O luteranismo também deixou de ser a religião oficial da Suécia, naquela época.

O país está dividido em 13 dioceses, cada uma chefiada por um bispo. O arcebispo de Uppsala é bispo em sua diocese e bispo presidente da Igreja da Suécia, explica a enciclopédia.

Os bispos são eleitos pelos padres da diocese e pelos delegados leigos. A Assembleia da Igreja é o órgão de tomada de decisão. Possui 251 membros eleitos e se reúne duas vezes por ano.

Discurso de Greta
Greta Thunberg fez um discurso catastrofista, nocivo e perigoso nas Nações Unidas, na semana passada em Nova York. Foi um discurso repleto de falácias ambientais.

“Vocês roubaram os meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias, e ainda assim eu sou um dos sortudos. As pessoas estão sofrendo, as pessoas estão morrendo. Ecossistemas inteiros estão em colapso. Estamos no início de uma extinção em massa e tudo o que vocês podem falar é sobre dinheiro e contos de fadas do eterno crescimento econômico. Como vocês ousam”, discursou Greta em Nova York.

Greta faz parte dos planos globalistas para ‘plantar’ essas falácias ambientais na nova geração que está sendo manipulada e formada. Em uma matéria, que pode ser lida neste link, o Conexão Política denuncia quem está por trás de Greta Thunberg.

A verdade
Buscando tranquilizar essa nova geração e rebatendo o discurso repleto de histeria e apelo emocional da menina sueca de 16 anos, Greta Thunberg, o Conexão Política solicitou ao climatologista Ricardo Felicio que escrevesse uma carta aberta às crianças, adolescentes e pais da nação brasileira.

Nesta carta, o professor aborda os fatos e expõe as mentiras difundidas sobre o clima, destacando os que visam assustar e enganar, ao invés de procurar informar e inspirar. A carta do professor climatologista pode ser lida neste link.

 

Fontes: Daily Wire e Igreja da Suécia de Malmö.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites