Redes Sociais

Mundo

Rússia concede a Edward Snowden direitos de residência permanente

Marcos Rocha

Publicado

em

© Reuters/Brendan McDermid/Direitos reservados

A Rússia concedeu direitos de residência permanente ao norte-americano Edward Snowden, informou seu advogado nesta quinta-feira (22).

De acordo com a agência russa TASS, o ex-técnico da Agência Central de Inteligência (CIA) e da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) não pretende dar entrada em um pedido de cidadania no país, considerado o próximo passo depois que um estrangeiro recebe um visto permanente de residência.

Snowden, de 37 anos, fugiu dos Estados Unidos e recebeu asilo na Rússia. Em 2013, ele vazou arquivos secretos que revelavam operações de vigilância doméstica e internacional.

Há anos as autoridades dos EUA querem que Snowden volte para o país para enfrentar julgamento criminal referente às acusações de espionagem apresentadas ainda em 2013.

“Seu visto de residência [russo] estava vencendo e pedimos para renová-lo”, disse Anatoly Kucherena, seu advogado russo, à Reuters. Ele disse que a pandemia de coronavírus tornou o processo mais demorado do que o normal.

“Apresentamos os documentos em abril, e ele recebeu direitos de residência permanente (nesta quinta-feira)”.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou em agosto que estava cogitando um indulto para Snowden.

Na ocasião, o mandatário disse achar que os americanos de esquerda e direita estão divididos a respeito do ex-agente.

“Parece ser uma decisão dividida”, declarou. “Muitas pessoas acham que ele deveria ser tratado de maneira diferente. E outras acham que ele fez coisas muito ruins”, completou.

Com informações, Agência Brasil.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites