Redes Sociais

Inglaterra

Comercial da Volkswagen é banido no Reino Unido por mostrar mulher cuidando de um bebê

Danielly Jesus

Publicado

em

Comercial da Volkswagen é banido no Reino Unido por mostrar mulher cuidando de um bebê 17
Reprodução

Uma propaganda da empresa automobilística Volkswagen foi proibida no Reino Unido unicamente por mostrar uma mulher cuidando de um bebê, sob acusação de ‘violar estereótipos de gênero’.

O anúncio mostra uma cena de uma mulher e um homem em uma barraca em um penhasco, dois astronautas masculinos flutuando em uma espaçonave e um para-atleta masculino com uma perna protética fazendo o salto em distância.

No final do clipe, uma mulher é vista sentada em um banco ao lado de um carrinho de bebê.

O comercial foi banido pela Autoridade de Padrões de Publicidade do Reino Unido (ASA, na sigla em inglês) depois que apenas três pessoas reclamaram, com a ASA afirmando que violava as regras de estereótipos de gênero.

Ao justapor imagens de homens em ambientes extraordinários e realizar atividades de aventura com mulheres que pareciam passivas ou engajadas em um papel de prestação de cuidados estereotipado, consideramos que o anúncio contrastava diretamente os papéis e características masculinos e femininos de uma maneira que dava a impressão que eles estavam exclusivamente associados a um gênero ”, disse o ASA. “Concluímos que o anúncio apresentava estereótipos de gênero de uma forma que poderia causar danos e, portanto, violar o Código.”

A Volkswagen tentou explicar o significado por trás do anúncio, mas não adiantou.

A mensagem central do anúncio estava centrada na capacidade do espírito humano de se adaptar aos desafios e mudanças trazidos pelas circunstâncias. Eles ilustraram isso por meio de vários cenários diferentes, apresentando vários personagens, de modo que uma audiência tão diversificada quanto possível fosse capaz de se identificar com a mensagem ”.

Eles incluíram a cena final da mulher no parque como um exemplo de adaptação à mudança, pois acreditavam que acolher um recém-nascido na família era uma experiência de mudança de vida que seria compartilhada por muitos espectadores, independentemente do sexo. A cena serviu a um propósito secundário de ilustrar a redução do ruído do motor em um veículo elétrico”.

Enquanto isso, os anúncios que reforçam os estereótipos de gênero negativos sobre os homens ainda estão perfeitamente bem.

Assista ao vídeo!

Com informações, Summit News

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites