Redes Sociais

Mundo

Anunciados os candidatos do Partido Conservador para substituir premiê britânica Theresa May

Redação

Publicado

em

Anunciados os candidatos do Partido Conservador para substituir premiê britânica Theresa May 16
Yui Mok / AP

Nesta segunda-feira (10), dez candidatos foram anunciados para substituir Theresa May como líder do Partido Conservador e, consequentemente, um deles assumirá o cargo de primeiro-ministro do Reino Unido.

Theresa May deixou a liderança do partido na sexta-feira, 7 de junho, mas permanece como primeira-ministra até que seu sucessor seja anunciado. Na semana de 22 de julho, segundo o conselho do Partido Conservador, o novo nome para primeiro-ministro deverá ser anunciado.

A primeira rodada de votação, para começar a reduzir o número de candidatos aos dois últimos, será na manhã de quinta-feira (13), segundo o jornal britânico The Guardian. Os primeiros resultados devem sair às 13 horas (9 horas em Brasília).

Os candidatos são:

1) Andrea Leadsom, parlamentar. Em 2016, disputou com May o cargo de primeira-ministra;

2) Boris Johnson, parlamentar, ex-ministro de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres, um dos líderes da campanha do Brexit;

3) Dominic Raab, ex-ministro da Justiça e ex-ministro do Brexit, defendia a saída da União Europeia antes mesmo do referendo de 2016;

4) Esther McVey, parlamentar e ex-secretária de Trabalho e Aposentadoria, defende um Brexit com ou sem acordo;

5) Jeremy Hunt, ministro de Relações Exteriores, atuou na campanha pela permanência na UE, mas atualmente defende o Brexit;

6) Mark Harper, parlamentar, também defendeu a permanência, mas agora acredita que a melhor solução é um Brexit com acordo;

7) Matt Hancock, ministro da Saúde e ex-ministro da Cultura, também defendia a permanência, mas atualmente prefere a saída com um acordo;

8) Michael Gove, ministro do Meio Ambiente, liderou a campanha pela saída da União Europeia durante o plebiscito em 2016 e concorreu ao cargo de primeiro-ministro no mesmo ano;

9) Rory Stewart, ministro de Desenvolvimento Internacional, fez campanha pela permanência na UE, mas diz ter “aceitado” o Brexit;

10) Sajid Javid, ministro do Interior, apoiou a permanência em 2016, mas diz que o fez ‘com o coração pesado e sem entusiasmo’.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites