Redes Sociais

Mundo

Manifestantes protestam contra lockdown em Londres

Marcos Rocha

Publicado

em

Manifestantes contrários ao lockdown (bloqueio total de atividades) se reuniram no centro de Londres neste último sábado (17).

A partir da meia-noite de sexta-feira (16), o governo local classificou a capital britânica para o “nível 2” ou “alto risco”. Isso proíbe pessoas de encontrar alguém fora de sua casa ou “bolhas de apoio” – incluindo amigos ou parentes que ajudam a cuidar de crianças – em qualquer ambiente interno.

As regras também proíbem mais de seis pessoas de se encontrar ao ar livre, embora a polícia tenha optado por não aplicá-las enquanto milhares de manifestantes marchavam pela Oxford Street, uma das ruas comerciais mais movimentadas do mundo em tempos normais.

Os manifestantes consideram os bloqueios sociais e econômicos desnecessários e uma violação dos direitos humanos. Alguns se opõem ao uso de máscaras e à vacinação. Muitos carregavam cartazes dizendo: “Meu corpo, minha escolha, não às máscaras obrigatórias”.

“Há muitas coisas que podem matá-lo, você sabe, pode acontecer qualquer dia”, disse o manifestante Aragorn Kyley, 17 anos. “É sobre viver, não apenas sobreviver. Queremos ser capazes de desfrutar de nossas vidas, não apenas ficar presos em casa”, completou.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]