Redes Sociais

Mundo

Refugiada nos EUA, médica chinesa diz ter provas de que novo coronavírus foi criado em laboratório chinês

Redação

Publicado

em

Divulgação | The Epoch Times

A médica Li-Meng Yan, virologista chinesa, afirmou que o novo coronavírus foi produzido em um laboratório em Wuhan, que é controlado pelo governo da China.

As declarações foram dadas ao programa britânico “Loose Woman”, em 11 de setembro, durante uma entrevista.

Li-Meng Yan assegura que o governo chinês tinha conhecimento antecipado da capacidade de propagação do vírus.

Ela diz ter comprovação da origem do vírus no genoma do microorganismo, e informou que fará a publicação de um artigo com todas as evidências científicas que comprovam as denúncias apresentadas.

“A sequência do genoma é como a impressão digital humana. Com base nisto, pode reconhecer e identificar esta coisa. Assim, utilizei as provas existentes na sequência do genoma de Sars-CoV-2 para dizer às pessoas porque é que isto veio da China, porque é que eles são os únicos que o fizeram”, afirmou a profissional de Saúde.

Ainda segundo ela, “este vírus não é da natureza”, mas sim de um experimento do Instituto Militar da China, que teria descoberto que a modificação laboratorial de dois organismos, batizados de CC45 e ZXC41, originava um novo vírus.

A informação tem sido bastante repercutida no mundo, a exemplo do grupo CNN, que também já registrou sobre o assunto.

Aqui, no Brasil, o portal Poder360 também publicou uma matéria sobre o assunto.

Ainda durante a entrevista, ela disse que precisou buscar refúgio nos Estados Unidos após a descoberta.

O que diz o governo chinês

O governo se pronunciou sobre as acusações.

Em resposta, refutou o que foi fito por Li-Meng.

A China diz ter atuado imediatamente para tentar impedir a propagação do vírus.

Assista ao vídeo em que a médica faz as denúncias contra o governo chinês.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites