Redes Sociais

Polônia

Polônia continua forte, apesar da desaceleração do crescimento das economias de países da zona do euro

Thaís Garcia

Publicado

em

Polônia continua forte, apesar da desaceleração do crescimento das economias de países da zona do euro 16
Imagem: © REUTERS

Apesar da desaceleração das economias ocidentais europeias, a economia da Polônia mantém um alto nível de crescimento e está se tornando cada vez mais independente das economias de países altamente desenvolvidos, de acordo com dados do Eurostat sobre crescimento econômico na UE em 2019.

O ranking do Eurostate também teve a Polônia no topo do ranking na Europa em termos de crescimento.

As economias da Europa Ocidental registraram um crescimento mínimo do PIB e até diminuíram no quarto trimestre de 2019, enquanto a economia polonesa continuou crescendo.

Em 2019, o crescimento econômico na Polônia  foi de 4% do PIB e a média para os países da zona do euro foi de 1,1% do PIB. A média para a UE foi de 1,4% do PIB.

A Alemanha teve um crescimento muito fraco; apenas 0,6% do PIB, assim como a Itália, com 0,1%. A França foi um pouco melhor, com 1,3% do PIB, e a Espanha, com 1,9% do PIB.

O fraco crescimento econômico na Alemanha foi o grande responsável pela desaceleração do crescimento na zona do euro em geral. O Eurostat apontou que o fraco resultado da economia alemã tem a ver com uma desaceleração das exportações em relação a 2018, que teve um crescimento de apenas 0,9%, enquanto as importações cresceram 1,9%.

A guerra comercial em curso entre os Estados Unidos e a China também teve um impacto substancial na economia alemã, além do interesse reduzido de compradores estrangeiros em carros alemães.

Os analistas não esperam um desempenho muito melhor da Alemanha em 2020, pois o crescimento econômico alemão deve atingir apenas 0,7% do PIB.

Em comparação com a Alemanha e a zona do euro, a economia da Polônia em 2019 teve um bom desempenho, apesar de ter um crescimento pior no quarto trimestre do que os analistas esperavam, com números oficiais mostrando um crescimento de 3,5% no PIB.

O crescimento do PIB na Polônia no primeiro trimestre de 2019 foi de 4,7% do PIB, 4,4% no segundo trimestre e 3,9% no terceiro trimestre, que totalizaram 4% no ano. Esse resultado foi quase sete vezes maior que na Alemanha.

Parece que em 2019 houve uma desconexão em relação aos ciclos econômicos entre as economias polonesa e alemã, apesar da Alemanha continuar sendo a maior receptora de bens e serviços poloneses.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

alan correa criação de sites