Redes Sociais

Mundo

Pobreza aumenta na Argentina e já atinge 42% da população

Marcos Rocha

Publicado

em

Conferencia Magistral del Pdte. de Argentina | Divulgação

Dados oficias da Argentina, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) do país, revelam que a pobreza atingiu 42% da população no segundo semestre de 2020.

Segundo a entidade, o motivo para tamanho colapso social e econômico diz respeito aos três anos de recessão e o isolamento extremo durante a pandemia de covid-19.

De acordo com o levantamento, 35,5% dos argentinos eram pobres no término de 2019. No primeiro semestre de 2020, contudo, esse porcentual aumentou para 40,9%. A partir da segunda metade do ano, elevou para 42%.

O Indec também divulgou o índice de pessoas que vivem em condições de indigência ou extrema pobreza: 10,5%.

Com informações, jornal GZH.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]