Redes Sociais

Mundo

Pandemia pode levar mais 115 milhões de pessoas à pobreza extrema, aponta Banco Mundial

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Marcello Casal Jr | Agência Brasil

O Banco Mundial trouxe uma nova estimativa sobre os impactos do surto da covid-19 no mundo.

Segundo a projeção, os impactos negativos devem fazer a pobreza extrema avançar no mundo pela primeira vez em mais de duas décadas.

Estima-se que 115 milhões de pessoas estejam próximas de chegar nessa situação em 2020.

O número pode pode crescer ainda mais e atingir a 150 milhões em 2021.

De acordo com o Banco Mundial, a extrema pobreza é concentrada numa renda diária de até US$ 1,9 (cerca de R$ 10).

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.