Redes Sociais

Noruega

Governo da Noruega decide continuar e renovar plano de ação contra o antissemitismo

Thaís Garcia

Publicado

em

Governo da Noruega decide continuar e renovar plano de ação contra o antissemitismo 21
Imagem: Reprodução/EFTA

O governo norueguês decidiu continuar e renovar o plano de ação contra o antissemitismo após 2020, disse a Ministra do Interior e conservadora, Monica Mæland.

Contrariar o antissemitismo e as visões preconceituosas dos judeus requer esforços de longo prazo.

O antissemitismo tem assumido novas formas e é constantemente expresso em diferentes contextos e ambientes. O antissemitismo também parece estar aumentando em vários países, comparado a alguns anos atrás, principalmente na Europa.

“Alcançamos muito com o plano de ação contra o antissemitismo que foi apresentado em 2016. Ele contém 11 medidas concretas e direcionadas que foram implementadas e que estão em andamento ou concluídas. Mas ainda há muito o que ser feito”, disse Mæland.

Na Noruega, ainda existe um pronunciado preconceito contra judeus. Em pleno século 21, ataques a alvos judeus ainda ocorrem no país, como o vandalismo em sepulturas judaicas.

Os judeus são uma pequena minoria de 1.500 a 2.000 pessoas no país, que estão altamente vulneráveis quando o antissemitismo é expresso. Muitos judeus noruegueses escondem sua identidade e têm medo de usar símbolos judeus visíveis em público.

O plano de ação existente contribuiu a colocar o combate ao antissemitismo na agenda pública norueguesa novamente. Há alguns anos, o antissemitismo ainda não era reconhecido como um problema na Noruega.

“O governo aproveitará a experiência que tivemos até agora no desenvolvimento de novos esforços direcionados contra o antissemitismo que ainda vemos ao nosso redor”, disse a ministra Monica Mæland.

Com os esforços dos conservadores no governo, a Noruega se comprometeu a envolver a minoria judaica na luta para continuar e renovar seu plano de ação contra o antissemitismo no país.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais. Lutando pelos verdadeiros direitos humanos e pela Igreja Perseguida.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites