Redes Sociais

Mundo

Neymar vence processo judicial de uso de seu nome em marca na Europa

Thaís Garcia

Publicado

em

JACQUES DEMARTHON/AFP

O jogador de futebol Neymar ganhou uma ação judicial sobre o registro de seu nome como marca.

O Tribunal Geral da União Europeia confirmou hoje, a rejeição do registro de marcas pelo Instituto da Propriedade Intelectual da UE (EUIPO).

Em 2012, um português registrou o nome do ponta-esquerda do Paris Saint-Germain, como marca registrada, ao qual Neymar da Silva Santos Júnior, como o jogador de futebol é chamado, objetou quatro anos depois.

O EUIPO concordou com o jogador e os portugueses recorreram aos tribunais europeus.

Os juízes rejeitaram a alegação portuguesa de que ele queria registrar o nome porque “soava bem”.

O tribunal declarou no julgamento, que o português queria apenas lucrar às custas do grande jogador brasileiro.

Por fim, os juízes concordaram que o homem agiu de má fé, alegando que Neymar já era reconhecido naquela época como jogador internacional na Europa.

Lembrando que em 2013, o futebolista assinou pela primeira vez um contrato com um clube europeu, o Barcelona.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Pingback: Gusmão & Labrunie

  2. Avatar

    Carlos

    14.05.2019 at 09:45

    é o que mais eu to vendo, muita gente se lucrando em cima do jogador

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites