Redes Sociais

Mundo

Netanyahu vai à Rússia discutir com Putin o Plano de Paz e a provável libertação de Na’ama Issachar

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Maxim Shipenkov/Pool/Reuters

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, viajará para Moscou antes de voltar para casa da sua visita aos EUA, e deve trazer com ele a jovem Na’ama Issachar, que está presa na Rússia.

Netanyahu deve deixar Washington D.C. na quarta-feira (29) em direção a Moscou, após a divulgação do Plano de Paz do Governo Trump no Oriente Médio nesta terça-feira (28).

Netanyahu deve discutir os detalhes do Plano de Paz com o presidente russo, Vladimir Putin, durante a visita.

Leia também sobre: A relação de Putin e Israel

A reunião também pode ser usada como uma oportunidade para libertar a jovem Na’ama Issachar, a turista israelense de 26 anos que foi presa durante uma escala em Moscou no último mês de abril, quando voltava de avião da Índia para Israel.

Se Issacar for libertada durante a visita, ela poderá retornar a Israel com o o primeiro-ministro Netanyahu.

A jovem Na’ama Issachar presa na Rússia.

Issachar, condenada por “contrabando de drogas”, depois que 9 gramas de maconha foram encontradas em sua bagagem, pediu perdão presidencial no domingo (26).

Na segunda-feira (27), uma comissão de liberdade condicional russa recomendou que o pedido de Issacar fosse atendido.

Um dia depois, o governador do Oblast de Moscou, Andrey Yuryevich Vorobyov, assinou o pedido de perdão de Issachar, enviando-o ao presidente Putin para aprovação final.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Parceiros

alan correa criação de sites