Redes Sociais

Japão

Meninas de escola primária são esfaqueadas em ponto de ônibus no Japão

Thaís Garcia

Publicado

em

Meninas de escola primária são esfaqueadas em ponto de ônibus no Japão 20
Reuters

Na cidade japonesa de Kawasaki, um homem esfaqueou crianças e adultos em um ponto de ônibus. Uma menina de 12 anos e um homem de 39 anos morreram no ataque. 15 meninas, entre 6 e 7 anos e 3 adultos ficaram feridos.

Destas 15 meninas feridas, 3 estão em estado grave. Uma mulher também ficou gravemente ferida. Os ferimentos foram principalmente na cabeça e no pescoço, informou um membro do conselho do hospital onde as vítimas foram hospitalizadas.

As meninas eram estudantes de uma escola católica de freiras e estavam esperando o ônibus escolar, quando o homem começou a apunhalá-las. Os cristãos são minoria no Japão.

O homem de cerca de 50 anos foi levado pela polícia, e depois morreu devido a ferimentos de suas próprias facadas no pescoço. O ataque ocorreu por volta das 8:00h, horário local.

Motivo
Nada foi anunciado ainda sobre o motivo do ataque. De acordo com a mídia japonesa, o homem se aproximou das crianças já com uma faca em cada mão e gritou que iria matá-las.

A polícia encontrou duas facas no local do ataque. Kawasaki é um subúrbio de Tóquio e fica ao sul da capital japonesa.

Violência no Japão
Esse tipo de violência é raro no Japão, que é considerado um dos países mais seguros do mundo.

Apesar disso, em 2001, uma pessoa esfaqueou 8 crianças com uma faca de cozinha em uma escola primária. E em 2008, um homem esfaqueou 7 pessoas em Tóquio depois de dirigir contra uma multidão com uma van.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que finaliza sua visita de 4 dias ao Japão nesta terça-feira, disse que “os americanos estão do lado do povo japonês e choram pelas vítimas e suas famílias”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites