Redes Sociais

Israel

Inovações israelenses que vão mudar o mundo

Thaís Garcia

Publicado

em

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 16
Imagem: Reprodução

Todos os anos, a revista TIME publica uma lista das 100 melhores invenções e inovações do ano. Este ano, nada menos que 9 inovações israelenses alcançaram o top 100, um recorde mundial ao considerar o tamanho de Israel como país e nação.

Uma descoberta por uma equipe de cientistas da Universidade Hebraica (HU) em Jerusalém ainda não poderia ser incluída na lista do TIME, mas certamente a teria merecido, considerando o impacto que a descoberta terá nas pessoas em tratamento contra o câncer.

Melhor tratamento do câncer
A mídia israelense anunciou em novembro que a equipe da HU descobriu um método pelo qual a quimioterapia é entregue diretamente apenas nas células cancerígenas. O método significa que a partir de agora a quimioterapia não destrói mais as células do corpo saudável, algo que em muitos casos causa a morte de um paciente e não o extermínio da própria doença.

O método permite que os médicos reduzam significativamente a dose de quimioterapia e, assim, reduzam os efeitos colaterais muitas vezes devastadores da quimioterapia, o que aumenta significativamente as chances de sobrevivência. As descobertas da equipe HU foram recentemente publicadas na revista Frontiers in Pharmacology. A equipe conseguiu ativar a proteína TRPV 2 nas células cancerígenas e esta proteína abre um canal na membrana celular através do qual a substância quimérica é transportada diretamente para as células.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 17

Proteína Dr. TRPV2 em ação.

O professor Alex Binshtok, da HU, disse que ainda é muito cedo para previsões, mas ele tem certeza de que o novo método levará a uma abordagem diferente dos carcinomas e que, por sua vez, reduzirá a dor que os pacientes sofrem.

Água do céu
Israel é líder mundial em terapias inovadoras que combatem doenças crônicas e com risco de vida, e o país também desenvolveu outras tecnologias que ajudam o mundo a avançar, como o Genny, um dispositivo que produz água potável a partir do ar.

O Genny parece um bebedouro e é alimentado por um gerador movido a energia solar. O dispositivo trabalha com o princípio de evaporação e esfria o ar até o ponto de orvalho, após o qual a água é purificada. A versão padrão do Genny produz entre 25 e 30 litros de água potável por dia e o sistema já está sendo usado em várias partes do terceiro mundo, onde muitas vezes não há abastecimento de água.

Uma versão mais industrial do sistema, o chamado AWG, produz nada menos que 600 litros de água potável por dia e pode ser colocada em um veículo especial que torna o sistema móvel, permitindo que seja usado em áreas de desastre, por exemplo.

Voo elétrico
Outra invenção israelense que visa revolucionar a maneira como as pessoas se movem é a “Alice”, uma aeronave totalmente elétrica, com capacidade para transportar nove pessoas. A “Alice” foi exibida fora de Israel pela primeira vez no 53º show anual de tráfego aéreo em Paris. O diretor Omer Bar-Yochai, da Eviation Aircraft, em Israel, disse que o custo de um voo “Alice” será mais barato que uma passagem de trem e que a aeronave funcionará como um táxi aéreo.

Alice.

Ajuda visual
Também há a invenção da Orcam, uma empresa israelense que também estava envolvida no desenvolvimento do Mobile Eye, um sistema de segurança que agora está instalado na maioria dos carros novos. A Orcam desenvolveu o My Eye 2.0, um dispositivo montado na armação dos óculos e que permite às pessoas com problemas visuais ler e reconhecer outras pessoas. O My Eye 2.0 também é capaz de ler códigos de barras e está sendo constantemente desenvolvido para disponibilizá-lo a pessoas em todo o mundo.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 18

My Eye 2.0.

Alívio da dor na enxaqueca
Nerivio é outra invenção israelense que fez parte do top 100 da TIME. O dispositivo é colocado no braço de um paciente que sofre de enxaqueca e trabalha com um programa personalizado de alívio da dor. O Nerivio, que custa menos de 120 dólares (cerca de 500 reais), já foi aprovado pelo nos Estados Unidos e certamente mudará todo o setor de saúde no campo da terapia para enxaqueca.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 19

O Nerivio.

Autodiagnostico
Outra inovação israelense que alcançou o top 100 da TIME é o TytoHome, produzido pela empresa Tyto Care. O TytoHome é um dispositivo do tamanho da mão que permite ao paciente realizar exames e medidas sobre funções vitais do corpo, como o funcionamento do coração, pulmões e sistema digestivo. O dispositivo também diagnostica doenças como infecções de ouvido, gripe e outras infecções. O TytoHome já está no mercado americano e custa 300 dólares (cerca de 1.200 reais) lá. O dispositivo será lançado em breve na Europa e também está disponível no Canadá.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 20

O TytoHome.

Assistência de robô
O Robotemi, uma invenção israelense que permite que pessoas com problemas médicos funcionem de forma mais independente, também alcançou o TIME top 100. Robotemi responde perguntas práticas, ajuda no uso de smartphones e segue o usuário quando ele anda pela casa, mas também fora dela.

O robô também pode fazer pedidos e também é usado como um dispositivo de reprodução de rádio e música. O dispositivo pode ser operado remotamente em qualquer lugar do mundo e já ganhou vários prêmios de prestígio.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 21

O Robotemi.

O Elliq, um robô desenvolvido pela empresa israelense Robotics, é outra invenção que alcançou o top 100 da TIME. O dispositivo parece um pouco com Robotemi à distância, mas é mais focado nos idosos. O robô pode funcionar de forma mais independente e também impede o isolamento do idoso no campo social.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 22

O Elliq.

O Elliq responde à voz e à aparência das pessoas, mas também pode ser ativado pelo toque. O robô responde a perguntas e envolve o usuário durante o dia, mas também pode marcar consultas para o usuário e o lembra da hora em que certos medicamentos devem ser tomados. O robô também ajuda no uso do smartphone e é capaz de facilitar conversas em vídeo com terceiros.

Concreto ecológico
Houve outras inovações israelenses que alcançaram o top 100 da TIME em 2019, como o ECONcrete, um concreto ecológico usado para construir infraestrutura ecologicamente ativa sob a água e em áreas costeiras.

Mais inovações médicas
Outra inovação médica israelense sensacional que atualmente está em fase de teste é um tratamento revolucionário contra o câncer, sob o nome IceCure. IceCure é um método pelo qual os tumores cancerígenos são congelados sem que o paciente seja operado. Um estudo Icecure com 146 pacientes com câncer de mama foi um grande sucesso e teve apenas um caso em que o tumor retornou durante um período de observação de dois anos.

O método é usado sob anestesia local e envolve o uso de exames de ultrassom para congelar com precisão o tumor a -170 graus Celsius com nitrogênio líquido. O Icecure já foi introduzido nos Estados Unidos e em alguns outros países e o método também pode funcionar com outros tipos de câncer, como câncer de pulmão, fígado e rim, mas também com carcinomas ósseos.

Um experimento com pacientes com câncer de pulmão no Japão também foi um sucesso, de acordo com Eyal Shamir, diretor do IceCure, que explicou que a grande maioria dos pacientes tratados com IceCure pode retomar suas atividades diárias em 72 horas.

Inovações israelenses que vão mudar o mundo 23

IceCure.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

alan correa criação de sites