Redes Sociais

Inglaterra

Intruso invade casa e abusa sexualmente de criança em seu quarto na Inglaterra

Thaís Garcia

Publicado

em

Intruso invade casa e abusa sexualmente de criança em seu quarto na Inglaterra 15
Imagem: MET Police

A polícia inglesa está à procura de um homem desconhecido, após um menino relatar ter sido abusado sexualmente por um invasor em seu quarto no oeste de Londres.

Em 23 de novembro, logo após a meia-noite do sábado, policiais foram chamados para um endereço residencial em The Greenway, Ickenham, Inglaterra, após uma denúncia de que um homem havia entrado em sua casa e abusado sexualmente de seu filho em seu quarto.

Quando a polícia inspecionou a casa, não encontrou indícios de entrada forçada e o invasor já havia fugido do local, depois que a criança lhe disse que ligaria para a polícia.

“Esse assunto claramente causou muita angústia à família do garoto. A polícia está muito preocupada e estamos realizando uma investigação extensa e com bons recursos. Apelamos à ajuda do público para identificar um homem que foi visto fugindo da área logo após o ataque. É vital que conversemos com ele para determinar por que ele estava nas proximidades. Embora incidentes como esse sejam felizmente muito raros, encorajo as pessoas a manter suas casas com boa segurança o tempo todo e a denunciar qualquer pessoa suspeita”, disse a detetive Claire Field, da equipe de Salvaguarda da Unidade de Comando da Área Oeste de Londres à mídia inglesa.

O suspeito é descrito como branco, de porte esbelto, com cabelo curto e barba. Ele estava vestindo jeans azul e camiseta.

A criança está recebendo ajuda profissional treinada especialmente para casos traumáticos como esse. A idade da criança não foi informada para proteger sua identidade.

Até o momento, não houve detenções.

“Reconhecemos completamente o quão preocupada a nossa comunidade ficará após um incidente como esse. Por esse motivo, temos patrulhas na área e estamos trabalhando com parcerias e mantendo-as informadas. Juntos, estamos fazendo tudo o que podemos para apoiar a família e todos os afetados. Este é um incidente horrível e felizmente raro, mas meus policiais estão trabalhando incrivelmente para encontrar a pessoa responsável”, disse a inspetora-chefe da Unidade de Comando da Área Oeste londrina, Natalie Norris.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

alan correa criação de sites