Redes Sociais

China

Após proibição de comércio nos EUA, Huawei reduz produção de smartphones

Thaís Garcia

Publicado

em

Após proibição de comércio nos EUA, Huawei reduz produção de smartphones 20
Imagem: France 24

Como resultado da proibição dos EUA, a Huawei teve que reduzir seus pedidos ao principal fornecedor, a taiwanesa Foxconn.

Já não é mais segredo que a gigante dos smartphones chineses está passando por sérios problemas. A guerra comercial entre os EUA e o governo chinês afetou diretamente a Huawei.

Segundo fontes do South China Morning Post, a Foxconn (fornecedora do Xiaomi e Apple, entre outros) teria parado várias linhas de produção, devido ao reduzido número de pedidos da Huawei. No rescaldo dos recentes desenvolvimentos que colocaram a empresa na Lista de Entidades dos EUA, muitas empresas romperam seus laços com a Huawei. Como resultado, a empresa pode, às vezes, ter dificuldades e, consequentemente, reduzir a produção.

Plano B

No entanto, a Huawei já está trabalhando em um plano B. Como a empresa é muito dependente do sistema operacional do Google, ela está desenvolvendo o seu próprio sistema operacional, baseado em Android para seus smartphones.

Esse novo sistema operacional seria chamado de “Ark OS”. A gigante já teria entrado com uma patente no escritório de patentes alemão DPMA.

Segundo a empresa, o novo sistema operacional ainda suportaria aplicativos Android. Dessa forma, os usuários atuais do Android não seriam prejudicados.

O novo sistema operacional será lançado no outono de 2020.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites