Redes Sociais

Holanda

Dono de empresa volta das férias e encontra sua propriedade ocupada por 40 refugiados na Holanda

Thaís Garcia

Publicado

em

Dono de empresa volta das férias e encontra sua propriedade ocupada por 40 refugiados na Holanda 20
Imagem: AT5

Um proprietário de negócios em Amsterdã teve uma surpresa desagradável ao voltar de suas férias e encontrar sua instalação comercial invadida e ocupada por 40 refugiados. Quando o proprietário comunicou aos invasores que aquele local era de sua propriedade, os refugiados se recusaram a sair e disseram ao homem que era ele quem deveria partir.

Na semana passada, o empresário holandês Salih Ozcan havia voltado de férias quando descobriu que invasores estavam vivendo em sua empresa em Amsterdã, informou a emissora de TV holandesa AT5.

Salih Ozcan tentou iniciar uma conversa com os invasores, mas acabou sendo diferente do que planejava.

Discussão aquecida
A AT5 conseguiu filmar o local e mostrar os imigrantes africanos furiosos confrontando agressivamente Ozcan e a equipe de filmagem da estação de TV.

Assim que o empresário quis entrar no local, ele foi impedido. Alguns invasores correram em direção a Ozcan e disseram a ele para sair do prédio imediatamente.

“Senão chamamos a polícia!”, ameaçaram os invasores.

“Eu tenho que deixar meu próprio prédio?”, respondeu Ozcan indignado.

A discussão acalorada continuou. Antes que a situação realmente se agravasse e antes que a polícia chegasse, Ozcan decidiu deixar o local.

“É um sentimento muito ruim. Eu não tenho palavras para isso. Eu posso entender essas pessoas um pouco, mas elas não me entendem de forma alguma. Inacreditável que isso seja possível nesse país!”, disse Ozcan.

Em janeiro deste ano, Ozcan disse que teve que despejar o inquilino anterior do prédio, por usar o espaço para a plantação de maconha. Desde então, Ozcan reformou o local e planejava usá-lo para abrir seu novo negócio, uma concessionária de carros.

Ozcan ficou chocado ao ver que o local havia sido completamente destruído pelos 40 refugiados.

“Isso é uma loucura. Isso atrai ratos e camundongos para cá”, disse Ozcan à AT5, se referindo aos montes de lixo despejado na entrada do local.

Dono de empresa volta das férias e encontra sua propriedade ocupada por 40 refugiados na Holanda 21

Lixo despejado em frente à propriedade de Ozcan. Imagem: AT5.

Evacuação
A polícia de Amsterdã chegou ao local mais tarde e informou que ainda não poderiam responder especificamente ao caso, além de não considerarem o problema como urgente.

Na Holanda, os proprietários de edifícios que são invadidos e ocupados devem esperar 6 semanas, antes que os procedimentos de evacuação possam começar.

Ozcan contratou um advogado e não precisou esperar tanto tempo. Nesta quinta-feira (22), os posseiros migrantes foram removidos da propriedade de Ozcan. Não pela polícia, mas pelo Corpo de Bombeiro que considerou o local como “perigoso”.

Fonte: AT5.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites