Redes Sociais

Haiti

Greve paralisa o Haiti, manifestantes exigem a destituição do presidente

Redação

Publicado

em

Imagem: AP Photo / Dieu Nalio Chery

Líderes da oposição no Haiti lançaram uma greve de dois dias que paralisou a capital do país, enquanto os manifestantes exigem a renúncia do presidente Jovenel Moise, em meio a alegações de corrupção.

Escolas, empresas e escritórios do governo foram fechados nesta segunda-feira, enquanto grupos de manifestantes bloqueavam estradas e incendiavam pneus em Porto Príncipe. Alguns manifestantes queimaram carros pertencentes a uma estação de rádio local e acusaram a mídia de trabalhar para o governo.

O transporte público foi suspenso e as autoridades adiaram uma sessão do Parlamento.

A greve acontece um dia depois que milhares de manifestantes entraram em confronto com a polícia, com duas pessoas sendo mortas e cinco feridas. Manifestantes exigem mais investigações sobre o destino dos fundos que resultaram de embarques subsidiados de petróleo da Venezuela sob o programa Petrocaribe.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites