Redes Sociais

Mundo

Governo da Argentina encaminha proposta de legalização do aborto

Projeto de lei foi enviado ao Congresso do país

Marcos Rocha

Publicado

em

O presidente argentino, Alberto Fernández, disse nesta terça-feira (17) que o governo dele enviou ao Congresso um projeto de lei para a legalização do aborto no país.

“A legalização do aborto salva a vida de mulheres e preserva suas capacidades reprodutivas, muitas vezes afetadas por esses abortos inseguros”, afirmou.

De acordo com o mandatário, a proposta prevê a obrigatoriedade de que o procedimento ocorra dentro do sistema de saúde.

O Executivo argentino enviou também ao Legislativo outro projeto que estabelece uma campanha de 1 mil dias para “garantir o cuidado integral da saúde das mulheres grávidas e de seus filhos nos primeiros anos de vida”.

“Sempre foi meu compromisso que o Estado acompanhe todas as gestantes em seus projetos de maternidade e cuide da vida e da saúde de quem decide interromper a gravidez. O Estado não deve ignorar nenhuma dessas realidades”, escreveu no Twitter.

Seguindo a agenda progressista à risca, Alberto Fernández assinou recentemente um decreto (883/2020) que autoriza o cultivo de cannabis [maconha] medicinal, bem como o acesso aos seus óleos e derivados em farmácias autorizadas.

FALE COMIGO: [email protected] — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).