Redes Sociais

Mundo

General condenado por crimes de guerra morre após ingerir veneno dentro de tribunal

Davy Albuquerque

Publicado

em

O ex-alto responsável das forças bósnio-croatas durante a Guerra da Bósnia, general Slobodan Praljak, morreu nesta quarta-feira (29) após ter ingerido veneno

(Foto: International Criminal Tribunal for the former Yugoslavia / AFP)

segundos depois que juízes do Tribunal Penal Internacional recusaram seu recurso contra uma pena de 20 anos de prisão por crimes de guerra cometidos contra muçulmanos civis.

O militar afirmou que rejeitava a condenação de 20 anos e depois ingeriu o conteúdo de um frasco que tirou do bolso.

“Eu acabei de beber veneno. Eu não sou um criminoso de guerra, me oponho a essa condenação”, disse ele na sequência.

Seu advogado de defesa afirmou que se tratava de veneno, e imediatamente o juiz que comandava a sessão suspendeu a audiência e chamou socorro. Paramédicos entraram na sala e levaram Slobodan de ambulância para um hospital, mas ele não resistiu.

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Deixe um comentário

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites