Redes Sociais

França

Menina de 1,5 anos morreu após acidente de carro com mãe bêbada: pais deixaram ela morrer sozinha na França

Thaís Garcia

Publicado

em

Menina de 1,5 anos morreu após acidente de carro com mãe bêbada: pais deixaram ela morrer sozinha na França 20
Imagem: ©HBvL

Uma menina de 1,5 anos morreu em um hospital na França, depois de ter sido fatalmente ferida em um acidente de trânsito, causado por sua mãe bêbada. A mãe bateu o carro, onde se encontravam seu marido e três filhos. Quando a criança morreu, seus pais estavam desaparecidos porque fugiam da polícia.

O acidente aconteceu na noite de segunda-feira (20) em Samer, um município ao norte da França. O carro bateu contra um pilar de uma ponte, causando muitos danos ao veículo. Segundo a polícia, a motorista de 34 anos estava bêbada e o marido (35) também estava sob influência de álcool.

Havia cinco pessoas no carro: o casal e seus três filhos. A mais nova, uma menina de 18 meses, ficou gravemente ferida e foi levada de helicóptero ao hospital em Lille. Ela teve morte cerebral e os outros quatro passageiros, os pais e duas crianças de 3 e 4 anos, foram levados para outro hospital em Boulogne.

Lá, os pais, que sofreram apenas ferimentos leves, fugiram à noite com o anúncio de que queriam visitar a filha mais nova em Lille. No entanto, o casal nunca chegou lá e os dois nunca retornaram ao hospital em Boulogne. Seu filho de 3 anos e a outra criança de 4 continuam internados. O menino teve uma lesão cerebral e a outra criança está em estado de choque. A garota em Lille morreu na noite de quarta-feira (21).

A polícia francesa culpa os pais por não terem cuidado de seus filhos feridos após o acidente. O pai e a mãe foram presos na região de Boulogne na tarde de quarta-feira (21), por suspeita de tentativa de assassinato.

O casal também é suspeito de esfaquear um conhecido da mulher, antes do acidente fatal. A mãe já havia sido condenada a 8 anos de prisão, por roubo e por expressar ameaças de morte. O pai foi condenado duas vezes por violência doméstica.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais. Lutando pelos verdadeiros direitos humanos e pela Igreja Perseguida.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites