Redes Sociais

França

A Catedral de Notre Dame realizará sua primeira missa desde o incêndio

A diocese também planeja consagrar o altar dentro da igreja danificada.

Avatar

Publicado

em

Reprodução / Internet

Quase dois meses depois de um incêndio ter destruído grande parte do seu teto, a icônica Catedral Notre Dame da França está pronta para realizar sua primeira missa desde o desastre.

Em 15 de abril, o teto da catedral, que remonta a meados do século XII, explodiu em chamas. A torre da catedral desmoronou, assim como o telhado de madeira com abóbada com nervuras. O teto interno da abóbada de pedra do prédio impediu que o interior fosse completamente destruído.

Investigadores ainda não sabem exatamente qual foi a causa do incêndio, mas a polícia acha que pode ter sido causado por falhas na fiação. Há também quem acredite que o incêndio foi um atentado por parte de células islêmicas radicais.

As relíquias mais preciosas da igreja, incluindo o que se acredita ser a coroa de espinhos usada por Jesus em sua crucificação e a túnica de São Luís (o rei Luís IX) foram salvas pelas ações heroicas de um padre.

O presidente francês Emmanuel Macron disse que gostaria de ver a catedral inteira restaurada em apenas cinco anos.

Ontem (11) a Diocese de Paris anunciou que o arcebispo Michel Aupetit celebraria no sábado de 15 de junho em uma “capela lateral com um número restrito de pessoas, por razões óbvias de segurança”. Apesar de a participação ser limitada a cerca de 20 pessoas, muitas das quais serão padres e outras autoridades da igreja, a missa será transmitida ao vivo pela televisão francesa.

Nesta missa, a diocese planeja consagrar o altar da igreja. Enquanto o interior do edifício estava cheio de escombros, o altar e sua cruz de ouro escaparam. O dia 16 de junho é celebrado anualmente na catedral como o aniversário da consagração inicial do altar.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — www.andersonsandes.net

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites