Redes Sociais

Filipinas

Passageira detida contrabandeava bebê de 6 dias na bagagem de mão com a aprovação da mãe

Thaís Garcia

Publicado

em

Passageira detida contrabandeava bebê de 6 dias na bagagem de mão com a aprovação da mãe 16
Imagem: © AP

Nesta quinta-feira (5), o serviço de investigação nas Filipinas apresentou uma acusação oficial de tráfico humano contra uma americana e os pais de um bebê de 6 dias. Os três tentavam contrabandear a criança para os Estados Unidos. O bebê estava escondido na bagagem de mão da americana, que foi detida no aeroporto de Manila.

Os principais suspeitos neste caso controverso, Jennifer Talbot, 43 anos, a americana de Ohio, a mãe biológica Maricris Cempron Dulap e seu companheiro ainda não encontrado, são também acusados de violar uma lei especial que protege crianças contra abuso, exploração e discriminação.

A americana, Jennifer Talbot, parecia viajar sozinha com base em imagens de segurança e mostrou apenas seu próprio passaporte no aeroporto em Manila. No entanto, ela havia escondido um menino recém-nascido em sua bagagem de mão.

Estranhamente, ela conseguiu passar pelos serviços de segurança e imigração com a criança. Pouco antes dela embarcar no avião, funcionários da companhia aérea Delta Lines descobriram a criança, enquanto checavam sua bagagem.

A mulher alegou aos funcionários do aeroporto que era tia da criança, mas não conseguiu provar sua afirmação. Ela entregou uma declaração dos pais biológicos, afirmando que tinha autorização para levar a criança em uma viagem. Mas, a declaração não estava completa e também não estava assinada.

“Ela também não tinha documentos de viagem para o bebê”, disse um porta-voz do serviço de imigração.

Investigação
Talbot foi algemada e não explicou o contrabando da criança, quando o policial leu a acusação. Ela está sob custódia e a polícia ainda investiga se a americana recebeu dinheiro dos pais para transportar ilegalmente a criança.

A polícia tem indicações de que a mãe do menino, Maricris Dulap, de 19 anos, entrou em contato pela primeira vez com o Talbot pela internet e que posteriormente, negociaram a adoção da criança juntos.

No mês passado, Talbot veio dos Estados Unidos para encontrar a mãe grávida em sua casa e ficar com ela até que desse à luz.

Boa saúde
O bebê foi encontrado em bom estado de saúde durante a descoberta. Os médicos estão realizando exames para confirmar sua idade exata.

Talbot permanecerá detida e o pai biológico ainda está desaparecido.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites