Redes Sociais

Europa

Turquia ameaça a Europa: “Se abrirmos as comportas para os migrantes, nenhum governo europeu poderá sobreviver”

Thaís Garcia

Publicado

em

Turquia ameaça a Europa: “Se abrirmos as comportas para os migrantes, nenhum governo europeu poderá sobreviver” 16
Imagem: Reprodução

A Turquia ameaçou os países europeus dizendo que poderia destruir os governos europeus, deixando milhões de migrantes do Oriente Médio atravessarem suas fronteiras para chegar à Europa.

Dias atrás, o ministro do Interior da Turquia, Süleyman Soylu, disse: “Estamos diante da maior onda migratória da história. Se abrirmos as comportas, nenhum governo europeu terá condições de sobreviver por mais de seis meses. Nós os aconselhamos a não testarem a nossa paciência”.

O ministro também acusou os países europeus de deixar a Turquia lidar com a questão da migração por si só.

Chantagem
Em março de 2016, a UE fez um acordo provisório que, se realizado, permitiria a isenção de visto para cidadãos turcos aos estados membros da EU, após o cumprimento de alguns requisitos impostos. O acordo não foi realizado e agora a Turquia está ameaçando a Europa com ações drásticas se não conseguirem chegar a um acordo.

Funcionários da UE dizem que, embora a Turquia tenha ajudado a reduzir o fluxo de imigrantes que entram na Europa, ela não atendeu a todos os requisitos necessários para a liberalização de vistos.

Soeren Kern, do instituto Gladstone, de Nova York, disse: “A Turquia não cumpriu o mais importante dos requisitos: relaxar suas rigorosas “leis antiterrorismo”, que estão sendo usadas para silenciar os críticos do presidente turco Recep Tayyip Erdogan”.

Numa entrevista em 22 de julho a um canal de televisão turco, o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Çavuşoğlu, disse: “Nós suspendemos o acordo de readmissão. Não vamos esperar à porta da UE. ”

Entretanto, se a UE aprovar a isenção de visto, dezenas de milhões de turcos terão acesso imediato e desimpedido à zona livre de passaportes da Europa.

Analistas contrários à liberalização de vistos temem que milhões de cidadãos turcos acabem migrando para a Europa. A revista semanal austríaca Wochenblick, relatou que 11 milhões de turcos estão vivendo na miséria e “muitos deles sonham em se mudar para a Europa Central”.

Migração do Oriente Médio

Atualmente, existem cerca de 3,5 milhões de migrantes – a maioria do Iraque, Síria e Afeganistão – que estão sendo recebidos pelo governo turco. Esses migrantes, junto com outros milhões que ainda vivem no Oriente Médio devastado pela guerra, todos gostariam de ir para a Europa.

O único impedimento que está no caminho destes é a Turquia. Se as “comportas forem abertas”, as consequências da crise migratória piorarão.

Fonte: Voice of Europa e Gate Stone Institute


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites