Redes Sociais

Estados Unidos

Texas Rangers resgatam bebê de 6 meses jogada em rio por traficantes

Thaís Garcia

Publicado

em

Departamento de Segurança Pública do Texas

Uma bebê de seis meses foi resgatada por uma equipe de operações especiais do Texas Rangers — uma agência de aplicação da lei com jurisdição em todo o estado do Texas, nos Estados Unidos, depois que um traficante jogou a menina para fora de uma balsa.

A informação foi veiculada pelo Departamento de Segurança Pública do Texas (DPC).

O rio Grande, local que aconteceu o resgate, é um dos maiores rios da América do Norte. Nasce nas montanhas San Juan, no estado americano do Colorado, banha o estado do Novo México e, a partir de El Paso, no Texas, serve de fronteira natural entre os Estados Unidos e o México, onde é conhecido como rio Bravo del Norte. Com 3.000 km de extensão, é o quinto mais longo da América do Norte, e o 20.º mais longo do mundo. O rio é utilizado por muitos imigrantes que atravessam ilegalmente para os EUA com a ajuda de “coiotes” (traficantes de pessoas que cobram para realizar essa travessia ilegal).

Em uma postagem no Facebook, o DPS do Texas disse que o Grupo de Operações Especiais do Sul do Texas e a Divisão do Texas Rangers ajudaram a Patrulha de Fronteira dos EUA em Roma, no Texas.

“Este grupo especializado é uma equipe tática altamente treinada cuja principal responsabilidade é realizar missões específicas, geralmente ao longo da região da fronteira Texas-México ou onde for necessário”, menciona a postagem do Departamento de Segurança Pública.

“A equipe é projetada para conduzir operações secretas abertas e estendidas em áreas remotas onde a aplicação da lei convencional não pode operar”,  continuou a nota.

“Nosso Grupo de Operações Especiais do Sul do Texas, Divisão Texas Rangers, é um ativo integral na segurança das fronteiras”, acrescentou.

A criança foi resgatada com segurança e agora está com a mãe sob custódia da Patrulha de Fronteira dos EUA, de acordo com Valley Central.

O site informa que o tenente Christopher Olivarez, do DPS do Texas, disse que a mãe e a criança estavam esperando no México desde dezembro para entrar nos Estados Unidos. A mãe teria pago aos contrabandistas US $ 3.500 para atravessar o rio para entrar nos EUA. A mãe e a criança tentaram cruzar o rio em botes, junto a outros 67 adultos e 150 crianças.

A notícia do resgate veio após a tentativa da Patrulha de Fronteira de ajudar uma família de três pessoas no início deste mês. Uma mãe e suas duas filhas foram encontradas inconscientes em uma ilha no Rio Grande, de acordo com The Post Millennial. A mãe e a filha mais nova sobreviveram, mas sua filha de 9 anos morreu afogada.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.