Redes Sociais

EUA

“Senhor, revele e reverta os planos daqueles que prejudicam o Presidente Trump e esta nação”, ora pastor Brunson

Thaís Garcia

Publicado

em

“Senhor, revele e reverta os planos daqueles que prejudicam o Presidente Trump e esta nação”, ora pastor Brunson 19
Imagem: © REUTERS

Neste sábado (12), o presidente Trump falou no Encontro de Valores do Eleitor (VVS) – um encontro anual de conservadores – em Washington, nos EUA. No evento, o pastor americano Andrew Brunson – que foi falsamente acusado e preso por 2 anos na Turquia por exercer sua fé cristã – orou pelo presidente.

O presidente Trump ajudou a libertar Brunson da prisão na Turquia, país onde foi missionário por 24 anos. O pastor também foi honrado com o Prêmio ‘Custo do Discipulado’, pela perseguição sofrida em seu tempo de cativeiro na Turquia.

O pastor Brunson iniciou a cerimônia orando pelo Presidente Trump:

“Deus Pai, peço-Te agora que o Seu Espírito Santo venha e que a plenitude do Espírito de Jesus repouse sobre o Presidente Trump, para que ele seja ungido com sabedoria e entendimento, com o Seu conselho e conhecimento, com temor do Senhor e, consequentemente, o Presidente Trump não julgue pelo que vê com os olhos, nem decida pelo que ouve com os ouvidos, nem se apoie no próprio entendimento, mas possa reconhecer a Sua voz e agir de acordo com Sua orientação.”

“Peço que o Senhor dê ao presidente discernimento sobrenatural para saber quem é confiável e quem não é. Traga à luz todo engano e intriga, exponha e reverta os planos daqueles que prejudicam o Presidente Trump e esta nação. Em nome de Jesus, eu repreendo todas as vozes e influências que não vêm de Ti, Deus Pai. Que a Sua verdade e paz cerquem e reinem na Casa Branca.”

“Deus, o Senhor levantou o presidente Trump para governar em um momento em que há um ressurgimento da opressão. Somente Tu, Senhor Jesus Cristo, podes ungi-lo para ter vitórias sobre fortalezas e estabelecer justiça para os necessitados. Dê a ele força e coragem para perseverar na batalha constante que o cerca e revigorá-lo.”

“Deus Pai, vejo que Tu tens um coração tão amoroso pelo Presidente Trump. Atraia-o para perto de Ti. Peço-Te agora que derrame sobre ele uma fome por Ti, para que ele possa amá-lO com todo o seu coração, alma, mente e força e tenha prazer em conhecê-lO. E se ele chegou sussurrando o Seu nome, que ele saia e continue clamando em voz alta pelo Seu nome. Em nome de Jesus, o nome do meu Rei, eu te abençoo.”

Assista ao vídeo da oração de Brunson pelo presidente Trump:

Liberdade religiosa
Em seguida, o presidente americano, Donald Trump, agradeceu ao pastor Brunson pela oração e explicou que seu governo está comprometido em promover e proteger a liberdade religiosa.

“Quero agradecer a você por essa linda oração, significa muito para mim. Nossos direitos vêm do Deus Todo-Poderoso e nunca podem ser tirados. Juntos, protegeremos esses direitos que Deus deu”, disse Trump.

O presidente americano disse que não foi fácil trazer o pastor Brunson para casa, mas conseguiu e ele está de volta, reunido a sua família.

Síria e minorias
Durante o encontro, muitos demonstraram temor e preocupação de que os EUA retirem o apoio militar na Síria e que isso coloque as minorias religiosas e aliados curdos em perigo iminente.

“Os curdos tendem a sair e isso é bom. Deixe que eles tenham suas fronteiras. Mas, eu não creio que nossos soldados devam ficar por lá pelos próximos 50 anos, protegendo fronteiras, entre a Turquia e a Síria, enquanto nós não conseguimos proteger as nossas próprias fronteiras, em casa. Então, vamos ver o que acontece. Fizemos o nosso trabalho, nós vencemos, e vamos pra casa… Pagamos muito dinheiro aos curdos, eles estão lutando por suas terras. Nesta semana, direcionei US $ 50 milhões para apoiar cristãos e outras minorias religiosas na Síria. Fiz isso na sexta-feira [11]. Fiz isso em homenagem ao pastor Brunson, pessoas que fizeram um ótimo trabalho por nós. Isso ajudará os cristãos na Síria. Não é uma situação fácil para eles. No total, meu governo concedeu mais de meio bilhão de dólares para apoiar minorias religiosas e outros que sofrem atrocidades, somente na Síria e no Iraque”, disse Trump.

Trump disse que outros presidentes não fariam isso. Ele prometeu apoio às comunidades cristãs de todos os lugares em que sofrem sob a brutal perseguição e opressão.

“Que nossos corações e almas se unam a esses bravos crentes em sua luta religiosa. Pastor [Brunson], é ótimo tê-lo de volta aqui”, concluiu Trump.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites