Redes Sociais

EUA

Rapper americano humilha e expulsa fã do palco por se recusar a gritar ‘F*ck Donald Trump’

Thaís Garcia

Publicado

em

Rapper americano humilha e expulsa fã do palco por se recusar a gritar 'F*ck Donald Trump' 21
Imagem: Reprodução

O rapper californiano, YG, humilhou e expulsou um de seus fãs do palco, momentos depois de convidá-lo para subir na plataforma, após o fã se recusar a gritar “f***-se Donald Trump” no microfone.

“Tire ele do palco. F***-se daqui. Ele é um apoiante de Donald Trump. Dê o fora daqui”, reagiu YG, depois que um fã se recusou a gritar o refrão chulo sobre o presidente americano, Donald Trump, no microfone.

“Não sei se quero apertar sua mão. Ei escute. Eu vi você no meio da multidão. Eu perguntei se você f*** o Donald Trump. Você diz que não sabe. Então, como você não sabe, preciso que você se decida hoje à noite”, disse YG ao fã no palco.

“Eu preciso que você diga seu nome. Quero que você fale seu nome, porque sei que sua mãe, seu pai, sua avó e seu avô estão assistindo. Quero que você diga seu nome e grite, f***-se Donald Trump”, disse o rapper.

Quando o fã se recusou a declarar seu nome e a amaldiçoar o presidente americano, o rapper o empurrou, exigindo que o fã saísse de lá.

“Não, você não vai? Tire o traseiro dele daqui. Tire-o do palco. F***-se daqui. Ele é um apoiante de Donald Trump. Tire o traseiro dele daqui”, Reagiu YG.

Em 2016, o rapper convidou fãs para subir no palco e bater com paus em uma piñata semelhante ao, então candidato presidencial, Donald Trump.

YG também é o mesmo rapper por trás da música “F*ck Donald Trump”.

Vídeo
A humilhação do fã ocorreu no Mala Luna Music Festival, em San Antonio, nos EUA, na noite de sábado (26). O momento foi filmado por outros fãs que participavam do show.

Assista ao vídeo do momento em que o garoto é humilhado pelo rapper.

 

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais. Lutando pelos verdadeiros direitos humanos e pela Igreja Perseguida.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites