Redes Sociais

Colunistas

Expurgo? Polícia da Filadélfia não vai prender criminosos “não-violentos” por causa do coronavírus

Guilherme L. Campos

Publicado

em

O Departamento de Polícia da Filadélfia, no estado da Pensilvânia, anunciou nesta terça-feira (17), que indivíduos que normalmente seriam presos por crimes menos graves, serão, a partir de agora, liberados após terem sua identidade confirmada.

O comunicado afirma que o criminoso será preso posteriormente por meio de um mandado de prisão. A decisão, segundo o departamento, visa preservar os policiais de contato com possíveis contaminados pelo coronavírus chinês.

Os crimes considerados não-violentos pela Polícia da Filadélfia são os seguintes:

  • Todas contravenções envolvendo drogas
  • Furto contra pessoas
  • Furto contra comércio
  • Furto de bens em automóveis
  • Tentativa de furto
  • Vandalismo
  • Roubo de carro
  • Crimes econômicos
  • Prostituição

Comunicado do Departamento de Polícia da Filadélfia anunciando as novas diretrizes.

Segundo o departamento, a diretiva foi lançada para manter os policiais em segurança durante a crise de saúde pública envolvendo o coronavírus. Enquanto isso, o departamento promete prender criminosos violentos, porém, apenas com a orientação de um supervisor.

Reação nas Redes Sociais

No Twitter, pessoas manifestaram indignação com a decisão e alguns fizeram menções ao filme The Purge (O Expurgo – Uma Noite de Crimes), em que o governo permite uma noite inteira de crimes sem que ninguém seja punido pelos crimes. Na história, todo ano há uma noite para “o expurgo”, que tem seu início anunciado em rede de TV (vídeo no tuíte abaixo) e por auto falantes pela cidade.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'The Right Talking'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites