Redes Sociais

EUA

Jovem extremamente perigoso (18) mata mãe, irmã e sobrinho e foge nu pelas ruas nos EUA

Thaís Garcia

Publicado

em

Jovem extremamente perigoso (18) mata mãe, irmã e sobrinho e foge nu pelas ruas nos EUA 20
Imagem: ABC 13

Um jovem americano de 18 anos foi acusado de triplo assassinato de sua mãe, irmã e sobrinho de apenas um ano de idade. Matthew Thomas Bernard fugiu e andou nu por uma vila no estado da Virgínia, nos EUA.

Na manhã de terça-feira (27), os três corpos foram encontrados em uma casa, na cidade de Keeling, Virgínia.

A irmã assassinada, Emily, era esposa de Blake Bivens (24), arremessador do time de beisebol Montgomery Biscuits. O filho deles, Cullen (1), e a mãe de Emily, Joan, também morreram.

Jovem extremamente perigoso (18) mata mãe, irmã e sobrinho e foge nu pelas ruas nos EUA 21

Emily, esposa de Blake Bivens (24), arremessador do time de beisebol Montgomery Biscuits. O filho deles, Cullen (1), e a mãe de Emily, Joan.

 

Perseguição
A polícia teve que orquestrar uma perseguição em grande escala, com a participação de 100 oficiais.

Em uma mensagem no Facebook da polícia local, o fugitivo recebeu a descrição de “extremamente perigoso”.

Os 1.200 habitantes da vila de Keeling foram hermeticamente isolados do mundo exterior com veículos blindados e as escolas receberam vigilância policial.

Após 4 horas escondido em uma floresta, Bernard apareceu. O homem, totalmente nu, entrou na aldeia desarmado. Uma equipe de filmagem registrou sua fuga e a dificuldade da polícia em capturar Bernard.

O garoto caminhou até o estacionamento de uma igreja, onde tentou estrangular um jardineiro. Os agentes só conseguiram dominá-lo, depois de usar o gás lacrimogêneo e um cassetete.

Aluno exemplar
Segundo um tio do suspeito, Bernard era um aluno exemplar na faculdade e frequentava a igreja várias vezes por semana. Não há motivo para os assassinatos. O homem teria problemas mentais.

Choque
O crime foi um choque para os moradores da região, o condado de Pittsilvânia, no sudoeste da Virgínia.

“Normalmente, coisas loucas como essa não acontecem no sudoeste da Virgínia. É um condado pequeno, perto da fronteira da Carolina do Norte com uma população majoritariamente agrícola, com muito tabaco”, disse Henry Hobbs, nativo de Richmond, Virgínia e estudante da Universidade de Samford, ao AL.com.

Assista ao vídeo da perseguição policial publicado originalmente pela ABC 13.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais. Lutando pelos verdadeiros direitos humanos e pela Igreja Perseguida.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites