Redes Sociais

Estados Unidos

Estado da Geórgia fará auditoria de assinatura de cédulas eleitorais em seu terceiro condado mais populoso

Thaís Garcia

Publicado

em

O gabinete do Secretário de Estado da Geórgia anunciou que está solicitando uma auditoria de assinaturas para as cédulas eleitorais no Condado de Cobb, o terceiro condado mais populoso da Geórgia.

A 11Alive informou que o anúncio da auditoria nesta semana segue uma alegação de que os funcionários eleitorais do condado não seguiram os procedimentos adequados desde as primárias de junho.

“No momento, temos uma alegação específica em Cobb de que o processo não está sendo seguido adequadamente, portanto, sob nossos poderes de investigação, é por aí que estamos iniciando”, disse o porta-voz do secretário, Gabriel Sterling, durante uma entrevista coletiva.

A auditoria incluirá o exame de uma amostra de assinaturas em envelopes de voto, informou a estação de televisão americana.

“Trata-se de investigar a alegação e, ao mesmo tempo, aumentar a crença fundamental das pessoas no sistema geral”, disse Sterling.

Em um comunicado, a Diretora Eleitoral do Condado de Cobb, Janine Eveler, disse que seu gabinete seguiria a ordem da auditoria, que também analisará as assinaturas das cédulas eleitorais por correio da eleição de 3 de novembro.

“Mesmo que a reclamação referenciada pelo gabinete do Secretário de Estado tenha origem na Primária de junho, a auditoria aparentemente cobrirá a verificação de assinaturas para as Eleições Gerais de novembro”, explicou Eveler.

“Estou confiante de que qualquer auditoria revelará que nosso gabinete seguiu os procedimentos e apenas contou as cédulas que foram processadas corretamente”, acrescentou Eveler. “Mesmo que nossos recursos já estejam esgotados por votação antecipada e preparativos para o segundo turno de 5 de janeiro, ajudaremos este processo a avançar o mais rapidamente possível.”

Leia também: Senador da Geórgia verifica compatibilidade de assinatura de cédulas eleitorais por correspondência: ‘sistema falhou’

O Secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, disse que o Escritório de Investigação da Geórgia também ajudará na revisão das cédulas. Os resultados da investigação estão programados para serem divulgados em 28 de dezembro.

O condado de Cobb é o terceiro condado mais populoso da Geórgia, com sua sede localizada na maior cidade de Marietta, um subúrbio de Atlanta.

A votação pessoal antecipada para as eleições de segundo turno começou na segunda-feira (14). Os atuais senadores republicanos, Kelly Loeffler e David Perdue, estão tentando manter seus assentos contra seus adversários democratas, Raphael Warnock e Jon Ossoff, respectivamente.

Até agora, houve mais de 1 milhão de solicitações de votos ausentes, com mais de 700.000 votos já lançados, de acordo com o The Wall Street Journal.

O resultado das duas disputas na Geórgia determinará o controle do Senado dos Estados Unidos pelos próximos dois anos. O partido que tiver a maioria no Senado também terá o poder de confirmar ou rejeitar nomeações de alto nível para a Casa Branca, incluindo nomeados judiciais e nomeados para a Suprema Corte.

alan correa criação de sites