Redes Sociais

Estados Unidos

Governador de Nova York diz que revisará qualquer vacina contra covid-19: “Não vou confiar na opinião do governo federal”

Marcos Rocha

Publicado

em

Seth Wenig e Pablo Martinez Monsivais

O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, disse nesta última quinta-feira (24) que o governo estadual vai conduzir suas próprias revisões de vacinas autorizadas pelo governo federal devido às preocupações com a “possível politização” do processo de aprovação do imunizante.

Cuomo, um político democrata que tem criticado repetidas vezes o presidente Donald Trump e a condução de seu governo republicano na pandemia do vírus chinês, disse a jornalistas que formaria um comitê de revisão para aconselhar o estado sobre a segurança da vacina.

“Francamente, eu não vou confiar na opinião do governo federal”, disse Cuomo. “O estado de Nova York fará sua própria revisão quando o governo federal terminar e disser que é seguro”, completou.

Uma porta-voz da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, a FDA, recusou-se a comentar as declarações do governador.

Na quarta-feira (23), o comissário da FDA, Stephen Hahn, disse a um comitê do Senado que a agência só aprovará uma vacina se ela for segura e eficiente.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) também se recusou a comentar, dizendo que o assunto é do Departamento de Saúde dos EUA. O departamento não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

“A escolha dos estados, de revisar de maneira independente a segurança e eficácia de produtos, é um sinal problemático. Este país está em apuros se chegarmos ao ponto de não confiar na FDA ou no CDC”, disse o dr. Paul Offit, um especialista em doenças infecciosas na Universidade da Pensilvânia e no Hospital Infantil da Filadélfia, em comentário enviado à Reuters.

As informações são da Agência Brasil.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites