Redes Sociais

China

EUA e China pós-G20 Osaka 2019

Thaís Garcia

Publicado

em

EUA e China pós-G20 Osaka 2019 16
Reuters

No sábado (29), o presidente dos EUA, Donald Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram em reiniciar as negociações comerciais. O acordo surgiu durante uma conversa na Reunião do G20 no Japão. Trump concordou em adotar novas tarifas sobre as importações chinesas, mas todas as tarifas atuais que estão em vigor permanecerão, segundo o jornal The Japan Times.

Trump disse que planeja continuar as negociações comerciais e que os EUA irão trabalhar com a China a partir de onde pararam.

“Tivemos um excelente relacionamento, mas queremos fazer algo que seja igual no comércio. Na verdade, acho que éramos muito próximos e então aconteceu algo em que escorregamos um pouco e agora estamos chegando mais perto. Mas seria histórico se pudéssemos fazer um acordo de comércio justo. Estamos totalmente abertos a isso”, disse Trump à Xi na reunião.

Huawei
Trump decidiu que os EUA permitirão que a empresa de tecnologia chinesa Huawei volte a comprar produtos de fornecedores dos EUA.

“As empresas podem vender seus equipamentos para a Huawei. Estamos falando de equipamentos em que não há grandes problemas de segurança nacional”, disse Trump em uma entrevista coletiva após a reunião com Xi.

No mês passado, o Departamento de Comércio dos EUA havia inserido a Huawei em uma lista negra, cortando-a dos fornecedores dos EUA, embora muitas empresas tenham conseguido contornar as restrições.

Os EUA estão envolvidos em uma campanha global para bloquear a Huawei das chamadas redes de comunicação 5G, chamando a empresa de uma ameaça à segurança. A administração Trump alegou que o governo chinês poderia usar os produtos da Huawei para espionar os países que os utilizam em suas redes.

A empresa negou que realize espionagem para o governo chinês. Porém, já é conhecido pela comunidade internacional que as empresas chinesas são controladas pela presença de um comitê do Partido Comunista Chinês.

Trégua?
Neste final de semana em Osaka, aparenta-se que houve uma trégua entre EUA e China, fruto destas conversas entre Trump e Xi, que professaram uma “boa amizade” um com o outro e decidiram frear suas medidas protecionistas por enquanto.

Após o acordo, Trump disse à imprensa que a reunião com a China foi bem-sucedida.

“Nós discutimos muitas coisas e estamos de volta aos trilhos. Tivemos um encontro muito bom com a China. Provavelmente, eu diria que foi melhor do que o esperado, e as negociações continuam”, disse Trump.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites