Redes Sociais

Mundo

Estudante americana é suspensa por responder grupo LGBT usando versos bíblicos

“O Líbano [nome do colégio] celebra o mal e pune a justiça”, afirmou a estudante.

Publicado

em

Gabby Helsinger é estudante do ensino médio, em Ohio, Estados Unidos. Sua escola a suspendeu por postar versículos bíblicos nos armários e paredes da escola em resposta a um grupo LGBT que encheu a mesma escola com bandeiras e cartazes sobre orgulho gay. A estudante, bem como sua mãe, declararam que a decisão de suspendê-la não era razoável, mas injusta.

Gabby compartilhou um vídeo no Facebook que detalha sua experiência, que ocorreu na semana passada: “Então, na quinta-feira, quando cheguei à escola, vi que haviam bandeiras do orgulho gay e cartazes em volta da minha escola’, disse ela no vídeo, explicando que a Aliança Gay-Heterossexual da escola havia colocado as bandeiras.”

“E senti a necessidade de escrever alguns versículos da Bíblia para que eu pudesse colocá-los em minha escola.” E assim ela fez. Colou os versos bíblicos nas paredes e armários da escola. No dia seguinte, a estudante recebeu um aviso, foi até à direção e soube que estava suspensa por “abuso, desrespeito e grosseria”. Gabby tentou argumentar, mas não teve jeito.

O vídeo no Facebook em que Gabby explica a situação passa de 50 mil visualizações até o momento em que foi escrita esta matéria. “O Líbano [nome do colégio] celebra o mal e pune a justiça”, afirmou a estudante. A escola não ofereceu nenhuma nota oficial sobre o caso, limitaram-se a dizer que não é proibido compartilhar versos bíblicos no ambiente escolar.

Com informações de Sarah Taylor, The Blaze.

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — www.andersonsandes.net

Publicidade
6 Comentários

6 Comments

  1. Viviane

    13.03.2019 at 21:52

    O circo pegando fogo no STF, pois praticamente interraram a Lava-Jato e vcs não fizeram uma reportagem? Eu achava que o problema era a mídia tradicional (globo, uol, estadao), mas vcs também são cúmplices dessa mídia. Todos hipócritas!!

  2. Alessandro

    13.03.2019 at 16:29

    E depois tem gente que não acredita que haja perseguição aos cristãos, isso é só o começo

  3. Luiz Carlos de Siqueira

    13.03.2019 at 09:34

    Deus proteja esta estudante da esquerda podre, onde vemos que a Direção da Escola está tomada. Deus está dando está oportunidade de ouro ao nosso querido Brasil se libertar deste mal. Não podemos esmorecer.

  4. VERDE e AMARELO

    13.03.2019 at 07:06

    Tive a curiosidade de assistir a um filme de 1940: O ETERNO JUDEU, eu fiquei chocado, pois eles faziam na Alemanha do anos 20/30, EXATAMENTE toda depravação, subversão e aparelhamento nas instituições alemãs que o PT estava fazendo no Brasil, eis o motivo real pelo qual Hitler queria expulsar os judeus.
    O mundo vinha expulsando os judeus por causa disso há séculos e hoje protegidos pelo vitimismo, eles dominaram pelos bastidores os EUA e a União Europeia politicos de ESQUERDA não passam de fantoches de globalistas como GEORGE SOROS.

  5. Sérgio Ricardo Zanette

    13.03.2019 at 05:58

    Interessante observar que o direito de expressão sempre é alinhado a esquerda, ou seja, o lado que justamente, quando confrontado, adere invariavelmente a alguma espécie de violência seja ela física, verbal ou mental.

  6. Adgefeson Rodrigues

    13.03.2019 at 02:53

    Declínio da moralidade… Toda essa inversão cultural de valores morais nas escolas, no meio politico partidário, são ideologias socialistas, que fomentam conflitos de classes pelo mundo afora , principalmente no ocidente e em outros países. Tudo isso acontece de forma alinhada a um projeto de poder que é, a nova “ordem socialista mundial”. Esses grupos de meta-capitalistas financiam instituições de meios de comunicação; universidades; ONGs; religiosos da teologia da libertação ( marxismo ); o globalismo, e por fim o ateísmo… e protestos no mundo todo , contra judeus e conservadores., Tudo financiado. Salvo engano, a universidade “harvard university,” foi financiada com dinheiro árabe no governo Obama. O twitter pertence a um grupo árabe…Então amigos, o que acontece é o silencio da verdade através do capital financeiro. A finalidade disso é a desconstrução do capitalismo (sistema que deu liberdade ao individuo de prosperar por méritos próprios e não através da mãe socialista maçônica.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites