Redes Sociais

Mundo

Estados Unidos não vão financiar o 5G no Brasil, se Bolsonaro optar Huawei

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Shealah Craighead

Conforme vem noticiando o Conexão Política nos últimos meses, as lideranças americanas seguem dando o recado para o Brasil sobre o futuro do 5G no país.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos e Mike Pompeo, secretário de Estado americano, foram uns do que já demonstraram publicamente preocupações com a segurança do Brasil, uma vez que a chinesa Huawei pode ser escolhida para comandar a tecnologia no país.

Com as fortes tensões entre China-EUA, vale destacar a declaração do embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, que confirmou em entrevista ao Estado de S.Paulo que os Estados Unidos não irão contribuir com o financiamento do 5G no país, caso o governo do presidente Jair Bolsonaro faça opção por seguir na construção das redes da nova tecnologia com Huawei, alvo de denúncias de espionagem por parte do presidente Donald Trump.

“A Huawei é uma mangueira com muitos furos, vaza informações para a China. A tecnologia chinesa é excelente, mas, em países autoritários, a tecnologia é sempre usada para reprimir, não para libertar. E esse princípio da liberdade precisa ser defendido”, afirmou o diplomata.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.