Redes Sociais

Espanha

Espanha: socialistas saem vitoriosos nas eleições para o legislativo, mas não conseguem maioria 

Redação

Publicado

em

Reprodução / Internet

O primeiro-ministro cessante, Pedro Sanchez, deverá permanecer no poder na Espanha depois que seu Partido Socialista (Psoe) conseguiu superar a oposição feroz e sem precedentes nas eleições parlamentares de domingo, mas não conseguiu a maioria no parlamento, informou o Le Figaro.

A ascensão do partido conservador Vox, que fez sua entrada nas Cortes Nacionais, reflete um espírito anti-sistema que vem crescendo em toda a Europa, porém, acabou dividindo os votos  entre a ala mais à direita, o que acabou favorecendo o Psoe.

O Partido Socialista (PSOE) conquistou 29% dos votos e 123 dos 350 assentos no Congresso dos Deputados, segundo resultados parciais com 90% dos votos. O Partido Popular (PP, à direita) de Pablo Casado vem em segundo com 17% e 65 deputados. Ciudadanos (C’s, centro-direita liberal) com 16% e 57 parlamentares. Podemos (extrema esquerda) convenceu 14% dos espanhóis e recebeu 42 assentos. Vox (direita conservadora), finalmente, apresentou 24 deputados ao Parlamento, recolhendo 10% dos votos.

O gráfico abaixo, com informações do El País, com as urnas em 99,99% de votos apurados demonstra que as negociações com o primeiro ministro não serão tão fáceis, apesar de já ter vitória quase garantida.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites