Redes Sociais

EUA

Em meio a ataques violentos e atos de vandalismo, Trump diz que os EUA qualificarão a ‘Antifa’ como organização terrorista

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Reprodução

O presidente americano, Donald Trump, anunciou no domingo (31) que nomeará a Antifa como uma organização terrorista.

“Os Estados Unidos da América designarão a ANTIFA como uma organização terrorista”, disse Trump no Twitter.

Isso ocorre após os ataques violentos e atos de vandalismo em andamento, que ocorreram após a morte de George Floyd, 46 anos, em Minnesota, em 25 de maio. A morte de George Floyd está sendo utilizada como pretexto para grupos extremistas de esquerda espalharem caos, saques e incêndios em cidades dos EUA.

A Antifa é um movimento com um histórico violento de viés esquerdista, composto por marxistas que buscam criar o caos através de atos de vandalismo.

No domingo (31), o conselheiro de segurança nacional Robert O’Brien disse à CNN que os protestos são guiados pela Antifa, que tem um histórico de causar destruição em todo o país.

“Isso está sendo conduzido pela Antifa. E eles fizeram isso em Seattle. Eles fizeram isso em Portland”, disse O’Brien. “Eles fizeram isso em Berkeley. Essa é uma força destrutiva dos radicais – nem sei se queremos chamá-los de esquerdistas. O que quer que sejam, são – são militantes que estão entrando e queimando nossas cidades -, e vamos chegar ao fundo disso.”

“Acho que o procurador-geral já entrou em contato com o diretor do FBI, Wray, e acho que o Presidente quer saber o que o FBI está fazendo, e qual o plano deles para o futuro, e se eles não fizeram nada a respeito da Antifa”, acrescentou O’Brien.

Desde o início dos ataques da Antifa nos EUA, pelo menos 5 mortes foram relatadas, quase 350 pessoas foram presas e 30 policiais ficaram feridos.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites