Trump quer reforma migratória após ataque em Nova York

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

Imagem: Reprodução

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na segunda-feira que um atentado à bomba de um homem de 27 anos, de Bangladesh, no metrô de Nova York, enfatizou a “necessidade urgente” de que o Congresso promulgue a reforma da imigração.

No ataque, três pessoas ficaram gravemente feridas depois que um ex-motorista de táxi detonou um dispositivo explosivo perto do terminal de ônibus de Port Authority.

“Em primeiro lugar, como eu tenho dito desde que eu anunciei pela primeira vez a minha candidatura à presidência, a América deve consertar seu sistema de imigração relaxado, o que permite que muitas pessoas perigosas, inadequadamente examinadas, acessem nosso país”, afirmou Trump em um comunicado.

Ele acrescentou que o terrorista, identificado como Akayed Ullah, entrou no país através de “migração de cadeia de família alargada”, um sistema que o presidente está buscando acabar, o que permite que as famílias patrocinem parentes para chegar aos Estados Unidos.

Trump também reiterou seu apelo aos condenados pelo terrorismo para que recebam “a penalidade mais forte permitida por lei, incluindo a pena de morte”.

Ele já pediu a pena de morte para Sayfullo Saipov, um imigrante do Uzbequistão que matou oito pessoas e feriu 12 em um ataque de caminhão de 31 de outubro em Nova York.

Post anterior

Não, o terrorismo contra Israel não é culpa de Trump

Próximo post

PGR denuncia Andrés Sanchez por crime tributário

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.