Redes Sociais

Áustria

Voto de desconfiança apresentado pelo partido socialista SPÖ derruba Sebastian Kurz na Áustria

Thaís Garcia

Publicado

em

Reuters

O governo austríaco acaba de cair, depois que o parlamento adotou uma moção de desconfiança contra o gabinete do chanceler Sebastian Kurz. A posição do líder conservador do ÖVP estava sob pressão devido a uma crise na coalizão do governo.

Kurz culpou o partido FPÖ de prejudicar seus planos de reforma e governo.

Na semana passada, o FPÖ havia retirado todos os seus ministros do governo e agora votou a favor do voto de desconfiança, que criou uma maioria para derrubar o governo. O voto de desconfiança foi apresentado no parlamento pelo partido socialista SPÖ.

É a primeira vez que um chanceler federal é forçado a renunciar na Áustria.

Corrupção
A crise começou quando um vídeo de 2017, em que o vice-chanceler Heinz-Christian Strache, do partido da coalizão, o FPÖ, fala com uma mulher investidora russa sobre contratos com o governo em troca de apoio à campanha eleitoral. Strache foi forçado a deixar o cargo.

ÖVP

Embora o partido de direita de Kurz não tenha mais o apoio do parlamento, seu eleitor não perdeu a fé em seu partido. Nas eleições Europeias os conservadores de direita provaram seu forte apoio a Kurz; 34,9% dos votos dos austríacos foram para o ÖVP. O SPÖ seguiu à distância com apenas 23,4% dos votos.

As novas eleições terão lugar em setembro.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites